Podem rir-se quando passarem por mim?

14
1692
Felicidade

Eu vou explicar uma coisa muito, muito simples: Rir faz bem à alma!

Sabiam? Então e agora perguntam-me: “Se faz tão bem, porque existem pessoas tão sisudas no mundo?”

E eu respondo: “Porque querem! Existe mais alguma explicação?”

Eu rio-me tanto que além da barriga me doer muitas vezes, vou ser uma velhota com muitas rugas. E daí?

Imaginem lá: Se fossemos todos felizes e contentes, o mundo seria perfeito.

Isso não é uma seca? Tem sempre de existir um balconista, um patrão ou uma telefonista descontentes e consequentemente infelizes para conseguirem atormentar o dia dos outros. Assim, sempre temos alguma coisa para poder falar…

As Teorias da Elsa

Se há coisa que me irrita profundamente é as pessoas se cruzarem sem um simples: “Bom dia!”

Claro que não estou a falar num cruzamento com alguém desconhecido, mas com pessoas que trabalham, moram ou estudam no mesmo sítio que nós.

Que se cruzam várias vezes e até sabem algumas coisas sobre ti, mas não falam. Não dizem nada!

Passam ao teu lado e simplesmente ignoram-te.

Por favor, essas alminhas que se lembrem que falar às pessoas é bonito.

Comunicar é bonito! Falar sobre o cãozinho é bonito! Virar o nariz para baixo ou para o lado é feio!

Contra mim falo, que às vezes também me armo em anti-social (culpa do telemóvel que passa o tempo todo, na rua, agarrado às minhas mãos e por consequência, os olhos também só descolam quando tenho de me desviar de um presente canino).

Mas pior ainda do que não te falarem é passarem por ti com aquela cara de que morreu o periquito.

Riam pessoas, por favor!

Se passarem por mim na rua e se rirem eu vou saber que leram isto e vou ficar super contente.

Juro que vos pago um café (se calhar é melhor prometer antes uma pastilha elástica… pelo menos não entro em grandes despesas).

Ah… Aposto que ninguém vai passar por mim e rir… ninguém vai ler isto! Se calhar é melhor prometer um jantar no Eleven (maltinha, é um restaurante €€€€€€)…

E se eu oferecesse uma viagem ao Brasil? Andava tudo para aí a “partir o coco a rir” à minha frente… Gostava tanto!

As Teorias da Elsa

Garanto que se tivesse dinheiro, pelo menos, uma vez por semana andava por aí a distribuir notinhas em troco de uma gargalhada!

Se isso vos fizesse rir eu também ficava feliz! Vá… e se passassem a dizer “Bom dia!” às pessoas, mesmo sem as conhecer, eu ainda ficava mais contente…

Malta, recordo: “Só vivemos uma vez, ok?” Podemos tentar viver um pouquinho mais em comunidade e para a comunidade?

E vá lá… Pelo menos agora, mostrem só um pouco o dentinho e façam de conta que eu estou a ver! 😀

Acompanhem-me também no Instagram aqui e no Facebook aqui.

COMPARTILHAR
Avatar
Tenho 31 anos, sou uma mulher feliz, cheia de teorias e amante de viagens. Já visitei 13 países e perdi a conta de com quantas cidades me deslumbrei. Este é o estilo de vida que eu escolhi!

14 COMENTÁRIOS

  1. Elsa, sou tanto mas tanto a favor da tua opinião!
    Acho que se as pessoas agradecessem mais e sorrissem , o mundo seria muito melhor, é tão triste quando se queixam de tudo e não vêem o lado positivo das coisas. É isso mesmo, só vivemos uma vez.

    E depois com esse teu sorriso e esse teu “boa vibe”, é impossível alguém não sorrir! Amei! 🙂

    Bom fim-de-semana!
    http://gestoolharesorriso.blogs.sapo.pt/

  2. Verdade! A vida é tão melhor se for vivida desta forma! Tudo está na nossa atitude! Vivemos num mundo em que o egoísmo e o individualismo reina, onde o telemóvel muitas vezes é o único foco de atenção de alguém.. em que um simples “com licença” faz com que a pessoa faça má cara pois teve de desviar o olhar do ecrã. Quando trabalhava em Lisboa e frequentava os transportes públicos fazia este exercício muitas vezes, prestava atenção ás pessoas, aos seus comportamentos e principalmente em Autocarros deparava-me com a “realidade”, principalmente as pessoas mais idosas “precisam” do nosso sorriso. Tenho consciência que alegrava o dia de algumas pessoas apenas com um sorriso, um boa tarde ou ouvir uma pequena história que a pessoa tinha para contar no meu pequeno trajecto. Dar um bocadinho da nossa atenção não custa nada e ás vezes nem temos consciência da forma positiva como atinge o outro.. Nunca mais me esqueço daquelas palavras. “Obrigado menina, por ter ouvido aqui esta velhota!” Não aproveitei o tempo do percurso do autocarro para dar uma vista de olhos na matéria para o teste que ia ter a seguir, mas sei que dei áquela senhora uma pequena alegria naquele dia cenzento, e, eu saí dali com o meu coração cheio!! e passei no teste ehehe 🙂 beijinho Elsa

  3. I’ve been surfing online more than 3 hours today, yet I never
    found any interesting article like yours.
    It is pretty worth enough for me. In my view, if all web owners and bloggers made good content as you
    did, the web will be a lot more useful than ever before.

  4. Pretty section of content. I just stumbled upon your web site and in accession capital to assert that
    I get in fact enjoyed account your blog posts.
    Any way I will be subscribing to your feeds and even I achievement you access consistently quickly.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here