Pessoas Que Não Têm Noção De Espaço

2
398
Quando as pessoas não têm noção de espaço
Quando as pessoas não têm noção de espaço são bem capazes de colocar a sua bicicleta sobre um monte de bicicletas

Eu sou muito calma, posso até ser querida e tento manter-me respeitadora, agora quando as outras pessoas não têm noção de espaço, temos um problema.

Hoje trago-vos a minha teoria sobre o abuso de algumas pessoas, nomeadamente aquelas que não fazem ideia do limite da sua área.

Creio que quando estamos num espaço público, eu, pelo menos, sou assim, temos de respeitar todo o local envolvente.

No fundo é uma espécie de: podemos usar quase tudo desde que com moderação.


LÊ TAMBÉM:


Mas o que se passou para achares que as pessoas não têm noção de espaço, Elsa?

Simples, hoje encontrei uma no ginásio!

Também não disse que era toda a gente, nem sempre.

Estão a ver aquelas mulheres com cara de quem não faz nada na vida, mas que mesmo assim demonstram stress, provavelmente porque a amiga está à espera para tomarem o chá das cinco?

Calhou-me uma dessas!

Ou melhor, não me calhou, porque simplesmente, às vezes, o melhor é mesmo IGNORAR.

Isto passou-se nos balneários do ginásio – por amor de Deus, se estás a ler isto e te identificas com esta mulher, muda! Olha à tua volta, por favor, e mede a área que efetivamente te pertence.

Quando quis ir tomar banho, primeiro arrumei as minhas coisas no armário, e depois fui.

Ao chegar deparei-me com o banco, por baixo do meu cacifo, atolado de coisas.

Eram camisolas, uma saia, um telemóvel, um secador, a mala do ginásio e até uns collants. Não faltava nada!

Gente: no meio disto tudo, onde é que eu ia pôr as minhas coisas?

Bem, o que vale é que só me deu tempo de dizer: “O que é isto?”.

Como ela não ouviu manteve ali as coisinhas na mesma.

Eu tirei a minha mala do cacifo e quando ia a pousar a senhora fez o obséquio e de me restituir 10% do meu espaço.

Disse alto, em bom som e num tom meio a gozar: “Obrigada”.

Recebi mais 10% extra.

Como eu estava com pressa, ignorei-a, vesti-me a correr e fui-me embora.

Mas fiquei com aquela senhora “entalada” o dia todo, confesso!

Precisava de analisar e de encontrar explicações para este tipo de pessoas que não têm noção de espaço.

cacifos

Como este exemplo, posso dar-vos milhares:

  • As pessoas que estacionam de forma a ocupar dois ou três lugares;
  • As pessoas que estacionam em lugares de mobilidade reduzida;
  • As Pessoas que não cedem o seu lugar num transporte público em prol de outra que visivelmente precisa mais;
  • As pessoas que não cedem o seu lugar numa fila em prol de outra que visivelmente precisa mais;
  • As pessoas que apenas olham para o seu umbigo sem nunca olhar para os que as rodeiam;
  • As pessoas que ocupam o seu lugar e o dos outros, generalizando.

Mas não acham que tem de existir uma razão e/ou uma teoria para isto? Uma ou várias. Eu tenho umas quantas!

Então, cá vai:

Porque é que algumas pessoas não têm noção de espaço:

  1. Não foram bem educadas;
  2. Apenas estão preocupadas com a sua pessoa e o seu bem-estar;
  3. Acham que se são sempre superiores aos outros, por isso, têm direito de usar o que não é delas;
  4. Nunca viveram num T0 a dividir por quatro pessoas;
  5. Não são arrumadas, nem têm qualquer noção de arrumação;
  6. Geralmente alguém trata de meter ordem nas suas coisas;
  7. Simplesmente não repararam que estão a interferir com o espaço dos outros;
  8. Têm preocupações acima da média, o que não permite ver as coisas com olhos de ver;
  9. Têm pressa;
  10. Viviam bem era na selva, onde de certeza não lhes faltava espaço.

Estas são algumas das minhas teorias, mas vocês também podem acrescentar as que quiserem, basta escreverem-nas nos comentários!

Afinal de contas, se não levarmos a vida a rir, ao menos que a vida nos leve a rir.

Beijinhos a todos e não se esqueçam de ter noção de espaço!

Acompanhem-me também no Instagram e no Facebook.

COMPARTILHAR
Eu sou a Elsa e tenho 29 anos. Sou uma mulher feliz e cheia de teorias. Adoro viajar, estar por dentro das novidades de lifestyle e casei-me em 2017, por isso, também tenho muitas dicas para vos dar. Espero que gostem do meu cantinho!

2 COMENTÁRIOS

  1. Isso foi, sem dúvida, uma situação chata, Elsa. Frequento o mesmo ginásio há 10 anos e, como sou bem educado, digo sempre “boa tarde” ao entrar no balneário. De vez em quando deparo com um idiota que nem responde ou faz que não ouviu…Isso tira-me do sério…

    • Olá Tarcísio, sim chateia um pouco. É chato termos uma pessoa ao nosso lado que ocupado o seu espaço e do outros. Pode ser que esta minha partilha ajude algumas pessoas a compreenderem melhor o quanto é podem ser irritantes. Beijinhos

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here