A Primeira Prova Do Vestido De Noiva

12
2268

Nunca mais, em toda a minha vida, esquecerei o dia em que fiz a primeira prova do vestido de noiva.

Todos os passos na organização e planeamento do meu casamento têm sido fantásticos, mas sem dúvida que a primeira vez que experimentei um vestido de noiva, na vida, foi dos momentos mais marcantes.

Eu estava nervosa, receosa de não encontrar o tal, sem saber o que queria, mas ao mesmo tempo com ideias muito definidas.

Tinha tantos receios, lembram-se?

Só no próprio dia desta prova é que tomei consciência da importância da minha decisão.

Antes de entrar na loja, bebi um café e foi aí que as pernas começaram a tremer.

Levei algumas pessoas comigo que só me perguntavam: “Mas porque estás nervosa?”

Eu só dizia que não sabia… E não! Era apenas uma prova, mas uma prova de uma dimensão gigante, pelo menos na minha cabeça.

Vocês não imaginam o quanto é que gostei de me ver de vestido de noiva.

Nunca pensei que me fosse sentir tão bem!

Aliás, por mim só andava vestida de noiva! Mas, vou contar-vos tudinho:

A minha aventura começou na Exponoivos, onde conheci inúmeras lojas de vestidos de noiva.

A variedade era de facto muita e até pensei que nunca ia conseguir encontrar uma loja que me cativasse e que me chamasse verdadeiramente a atenção.

Até que num cantinho, perdido de mais um stand enorme, com vestidos fantásticos, encontrei este:

Vestido de Noiva

Digam lá se este vestido da fotografia não é parecido com este.

Achei logo que essa coincidência tinha uma razão de ser.

Há quem diga que devemos seguir os instintos e eu segui os meus!

Falei com a responsável da CasArt, a Sabrina Burnaz, e agendei a minha primeira prova.

O antes de entrar na loja já vos contei, agora vou falar-vos do durante e do depois.

Foi a Sabrina que me recebeu, juntamente com as fantásticas amigas que me acompanharam.

A CasArt está dividida em dois pisos. No piso térreo estão em exposição sobretudo os vestidos para acompanhantes, a roupa de noivo, lembranças, convites, entre outros pormenores.

Quando desci para o piso inferior, os meus olhos brilharam.

Era uma sala enorme repleta dos mais bonitos vestidos que possam imaginar, das mais variadas formas e feitios.

Ela encaminhou-me para uma sala rodeada de espelhos e ali aconteceu toda a magia.

Percebeu logo o que eu gostava e foi-me trazendo modelos para experimentar.

Foi a primeira vez na vida que me senti como fazendo parte de um filme de princesas.

A simpatia e a paciência da Sabrina conquistaram-me.

Apaixonei-me por mais do que um vestido.

Eles eram tão bonitos que não me importava de ficar com todos e ia trocando. 

Vestido de Noiva

Na verdade saí da CasArt com um sorriso de orelha a orelha.

Experimentei perto de uns 20 modelos em cerca de 1h30.

Posso dizer-vos que fiquei rendida ao excelente trabalho e à paixão demonstrada pelos colaboradores desta loja e que só posso recomendar uma experiência destas a todas as noivinhas.

Nós merecemos ter um primeiro, segundo ou terceiro contacto com alguém que realmente sabe o que está a fazer e que nos consegue ajudar a viver ainda mais intensamente aquele dia tão importante das nossas vidas.

Os vestidos são lindíssimos, a qualidade é excelente e os preços são bem em conta.

Fica a dica: Além de vestidos de noiva, a CasArt oferece muitos outros serviços e produtos que podem ser úteis para o vosso grande dia.

Situa-se na Bobadela, bem pertinho de Lisboa.

Podem obter mais informações na sua página de Facebook ou visitar o seu espacinho no site casamentos.pt.

Vestido de Noiva

Agora resta saber qual vai ser a minha decisão. Essa é a parte mais difícil!

Acompanhem-me também no Instagram aqui e no Facebook aqui.

COMPARTILHAR
Eu sou a Elsa e tenho 30 anos. Sou uma mulher feliz e cheia de teorias. Adoro viajar, estar por dentro das novidades de lifestyle e casei-me em 2017, por isso, também tenho muitas dicas para vos dar. Espero que gostem do meu cantinho!

12 COMENTÁRIOS

  1. Trazer vários, e ir trocando ao longo do dia parece-me uma ideia espectacular (carota, mas espectacular). 😉
    Mas quando encontrares “o tal”, também não vais querer vestir mais nada 🙂
    Adorei o relato!
    Beijinhos e boas escolhas 🙂

  2. “receosa de não encontrar o tal… sem saber o que queria e ao mesmo tempo com ideias muito definidas”…esta frase define completamente o que senti!!
    Sabia mesmo o que não queria, mas depois até perceber o que eu queria mesmo foi difícil. Gostei de algumas coisas mas depois pensava será que imagino-me a casar assim.
    Fui a três lojas diferentes, repeti duas delas na segunda vez…e só à quinta vez que experimentei vestidos é que encontrei o tal…eu sei que é o tal, mas ainda penso será que é mesmo o tal..
    Foi a parte mais linda do planeamento do casamento, mas uma das mais difíceis também!! 🙂

  3. Acho que essa etapa da preparação do casamento também me vai deixar nervosa. Deve ser inesquecível o dia em que experimentamos um vestido de noiva pela primeira vez!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here