Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

As Teorias da Elsa

Um blog que pretende motivar, inspirar, informar e dar a conhecer sítios e lugares surpreendentes.

As Teorias da Elsa

Um blog que pretende motivar, inspirar, informar e dar a conhecer sítios e lugares surpreendentes.

Saúde | 10 Dicas Para Evitar E Prevenir Doenças

Doenças


Estou doente! Estou sempre doente no Inverno!

Até vocês já vão ficando a saber o quanto sou "flor de estufa"!

Querem saber como fiquei doente desta vez? Nestas tardes maravilhosas de calor decidi não levar o casaco porque ia para casa por volta das 18h.

Uma boa hora para apanhar a maior corrente de ar da minha vida! Sou tão fraquinha...

Tenho me rendido ao sofá, sem forças e sem vontade de fazer nada... Rendendo-me ao sofá, rendo-me automaticamente aos programas fáceis da televisão.

Mas cheguei a uma conclusão: Eu tenho é de perceber de que forma é que posso evitar estas gripes e constipações constantes!

Lá fui eu investigar e se é útil para mim, também pode ser para vocês...

1# Chá de poejo. É conhecido pelas suas propriedades eficazes como expetorante. É indicado como remédio caseiro para tratar a tosse, a gripe e outras doenças do sistema respiratório. Já estou a tomar... Convém fazê-lo três vezes ao dia depois das grandes refeições. Não é aconselhado o consumo em excesso.

 

Doenças


2# Lavar as mãos frequentemente. Este é um hábito natural para mim, mas a verdade é que todo o cuidado é pouco, sobretudo quando se anda de transportes públicos, como eu.

3# Evitar grandes aglomerações em locais fechados. Então para mim que adoro festas cheias de gente é mesmo complicado. Este conselho surge pela mudança na humidade do ar. Essa alteração é propícia a que os vírus se multipliquem.

4# O exercício físico ajuda na prevenção da maioria das doenças. Eu tento ser fisicamente bastante ativa, apesar de continuar a ficar doente várias vezes no Inverno. Pode ser que resulte melhor com outras pessoas.

Doenças


5# Beber líquidos com frequência. Também já sabemos que cerca de 2 litros de água por dia é uma excelente forma de nos mantermos hidratados e regular o nosso bem-estar. Quando estamos doentes, devemos redobrar a toma de líquidos.

6# Vitamina C. Pode ser ingerida através da fruta e dos seus sumos (sobretudo citrinos e kiwis) e verduras (batata-doce, couves, espinafres, tomate, pimentos e batatas cozidas). Também é possível recorrer a suplementos alimentares.

Doenças


7# Comer bem. Apesar de ser natural perder o apetite. Para a recuperação ser mais rápida é importante que o organismo esteja bem nutrido. Fruta, legumes, verduras, cereais integrais, leguminosas, carnes magras e derivados do leite, são uma boa opção.

8# Saúde 24. Antes de se automedicarem ou irem às urgências do hospital, podem recorrer à linha de apoio à saúde (disponível em Portugal), disponível 24 horas. Basta ligarem o 808 24 24 24. É uma excelente forma de tirarmos dúvidas sobre a nossa saúde. Através dos sintomas da nossa doença, os especialistas conseguem rapidamente perceber o estado do doente e aconselhá-lo ou encaminhá-lo.

9#  Incluir alho na alimentação. Alguns estudos falam sobre as características preventivas do alho. Ajuda a diminuir a frequências das infeções e a aliviar os sintomas mais comuns da gripe. Pode ser consumido inteiro (sim, o hálito não é favorecido) ou com um aumento da sua quantidade como tempero na comida.

Doenças


10# Um bom descanso. Às vezes julgo que sou a super mulher, mas não sou. O corpo precisa de descansar para recuperar toda a energia que foi dispensada durante o dia, por isso, não há nada melhor do que dormir bem. Planear a semana (e aqui estão algumas dicas para o fazer), pode ser fundamental para vivermos de forma menos stressante e mais descansada.


Estas sugestões são baseadas em pesquisas na Internet, o que não invalida que cada caso é um caso e devem sempre recorrer a especialistas se os sintomas da doença se prolongarem.

O que acham destas dicas para evitar e prevenir doenças? São úteis?
 
Acompanhem-me também no Instagram aqui e no Facebook aqui.
 
As imagens utilizadas neste post são todas CC0 Public Domain, disponíveis através do site pixabay.com.
 

6 comentários

Comentar post