Escrita Criativa | Escrever Com Sentidos

1
450
escrever com sentidos

Terminei hoje um curso que mexeu comigo, o nome era “Escrever com Sentidos”.

Mexeu comigo porque me fez encontrar um conjunto de palavras, através dos sentidos, que eu própria desconhecia que estivessem aqui aprisionadas.

Desconhecia que alguma vez fosse possível que saíssem cá para fora de uma forma tão emotiva.

Com este curso de escrita criativa, posso dizer-vos que chorei, que consegui “exorcizar” um sentimento de revolta e partilhá-lo com os meus colegas e com a querida formadora Mónica Menezes.

Mas não foi fácil, foram precisos dois dias para eu escrever sobre um tema e conseguir ler o que tinha escrito do princípio ao fim.

No primeiro dia, baseados em determinados sons, o objetivo era escrever algo que os envolvesse num único texto.

Escolhi o som de um berbequim, de um comboio, de uma máquina de escrever, de um relógio e de um cão a ladrar.

Escrevi cada palavra com o coração a bater de raiva por causa da pessoa que estes sons me faziam lembrar.

Li dois parágrafos e chorei.

Chorei, mas passou.

Logo, logo consegui mudar o rumo da história e escrever algo que me deixou mais feliz e me proporcionou algumas risadas.

No quarto dia do curso “Escrever com Sentidos”, foi-nos dado um pequeno limpa-cachimbos verde e felpudo como uma árvore de natal.

escrever com sentidos

Fez-me lembrar novamente a pessoa que me inspirou o que tinha ficado por ler.

Voltei a insistir e consegui escrever e fazer a leitura até ao fim.

Embora tivesse terminado com o rosto lavado em lágrimas, senti-me uma guerreira.

Foi como o travar de uma batalha, com muito esforço, mas com sucesso.

Acho que foi um curso que não serviu apenas para escrever com sentidos, mas também para encontrar algumas fragilidades e aprender, através da escrita, a superá-las.

Este curso para escrever com sentidos, fez tanto sentido!

Já vos tinha dado algumas dicas para se inspirarem a escrever, mas faltou, sem dúvida, esta: usarem os cinco sentidos.

O olfato, o tato, o paladar, a audição e a visão são uma fonte de inspiração incrível.

O cheiro, o toque, os sons, a observação e a degustação podem desencadear histórias e estórias fabulosas.

Durante cinco dias dei vida a um tomate cherry, livrei-me de pagar um pastel de nata, congelei o natal de 1998, através de um T0 refleti sobre o desalojamento na capital e até consegui dar vida ao próprio silêncio.

Tudo isto com a escrita.

Foi uma semana carregada de emoções fortes e de partilhas deliciosas.

escrever com sentidos

Hoje, terminado o curso, resta-me um vazio, mas pelo menos é um vazio que pode ser preenchido por este meu espacinho, que também é vosso.

Sempre gostei de escrever, de motivar e inspirar quem me rodeia, mas agora percebi que este papel, esta quase missão, tem mesmo de ser levada adiante.

Percebi que é necessário e que eu tenho muitas palavras para mandar cá para fora.

Existem inúmeras pessoas no mundo que precisam de recebê-las.

Mesmo que não necessitem das minhas teorias mais sentimentalistas, já sabem que, de vez em quando, lá vou partilhando uma teoria mais bem humorada e quase a roçar o ridículo.

Acredito que tudo faz parte e é necessário, desde um pequeno incentivo para seguirmos em frente, até uma partilha de um novo restaurante, uma viagem, um produto ou até do conhecimento e da experiência adquirida com algo, como é o caso do meu casamento, tudo pode fazer sentido para alguém.

Como é importante partilhar e receber.

Estou de coração cheio com a partilha que a Mónica, a nossa formadora, fez.

E hoje, só para distribuir um pouco desta aprendizagem.

Deixo-vos aqui cinco exercícios ou desafios, como queiram.

escrever com sentidos

Escolham apenas um dos cinco sentidos para desenvolverem a vossa escrita:

Audição:

  • O que te faz lembrar o som da chuva?
  • Escreve sobre quem ou o que te lembra esse som.

Tato:

  • Toca na peça de roupa que mais gostas, que hoje tragas vestida, e recorda alguns dos melhores momentos que já tenhas vivido com ela.
  • Descreve como foram esses dias.

Paladar:

  • Escolhe um alimento do teu frigorífico, da tua dispensa, do teu lanche ou do café.
  • Cria uma personagem fictícia com ele.

Visão:

  • Observa um objeto que esteja do teu lado direito e outro do teu lado esquerdo.
  • Um é uma personagem boa e o outro é uma personagem má.
  • Escreve sobre um encontro entre essas duas personagens.

Olfato:

  • Pensa num cheiro que adoras e outro que detestas.
  • Agora vamos inverter as coisas.
  • O cheiro que gostas, vais passar a detestar, e o que detestas, vais passar a adorar.
  • Agora é só colocares essa história no papel.

 

Peço-vos que escrevam e partilhem nos comentários.

Ou então não os partilhem, se preferirem, imaginem apenas e guardem-nos nos vossos pensamentos, mas deixem a vossa imaginação voar e fluir.

Estes exercícios acabaram de ser inventados por mim.

São baseados na aprendizagem que recebi neste curso.

Não sei se são um disparate para pessoas realmente conhecedoras do processo de escrita criativa.

Eu achei que poderiam servir, se acharem que não, também podem dizer!

Só quero provar, tal como a Mónica provou a toda a turma, que até quem diz não ter jeito nenhum para escrever, o poderá fazer.

A Mónica provou que é possível ir buscar inspiração a coisas onde supostamente ela não existe.

Ela fez-me acreditar que tudo é possível quando queremos escrever, exceto deixar a folha em branco.

Folha em branco

Obrigada Mónica!

Obrigada por me inspirares e poder inspirar mais pessoas a sentirem-se inspiradas.

Até porque o que me mostraste foi muito mais do que escrever com sentidos, mas também a comparar a escrita com a própria vida.

Posso concluir que: se não podemos deixar uma página em branco, também não podemos deixar a vida passar sem realmente a vivermos.

escrever com sentidos

Obrigada!

Acompanhem-me também no Instagram e no Facebook.

COMPARTILHAR
Eu sou a Elsa e tenho 29 anos. Sou uma mulher feliz e cheia de teorias. Adoro viajar, estar por dentro das novidades de lifestyle e casei-me em 2017, por isso, também tenho muitas dicas para vos dar. Espero que gostem do meu cantinho!

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here