Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

As Teorias da Elsa

Um blog que pretende motivar, inspirar, informar e dar a conhecer sítios e lugares surpreendentes.

As Teorias da Elsa

Um blog que pretende motivar, inspirar, informar e dar a conhecer sítios e lugares surpreendentes.

Carnaval: Disfarces para casal

Adoro o Carnaval e não resisti em fazer um apanhado dos meus disfarces favoritos, do Pinterest, para casais.

 

Estou ansiosa para saber quais é que gostam mais!

 

Confesso que gostamos de todos e que precisamos da vossa ajuda!

 

a6bff54d6d35aae71917a606c87632fb.jpg

 

Acho este muito fofinho, mas bastante simples ao mesmo tempo...

 

786c5275eefa6696d10522c1ecc8e592.jpg

 

Este seria bem mais a nossa cara...

 

5e741a59b1523b4242fa580288017ebd.jpg

 

Adoro este... O problema é que o meu noivo tem um cabelo enorme que talvez não dê para esconder assim tão bem.

 

b2f56501d315842be6c83d85d6dfde12.jpg

 

Este é espetacular, mas tenho receio de ter pouca cor... ser pouco animado. Para mim o Carnaval tem de ser colorido.

 

8eb067bb2bc9eb2bfba0cd9a93bc3d7c.jpg

 

Cor nunca falta com a Barbie e o Ken... Mas acho tão pouco prático estar numa festa de Carnaval dentro de uma caixa...

 

e3d6ebd5deb0f98d4d2eb3505aecf3be.jpg

 

Este é dos meus favoritos... É preciso explicar porquê? Adoro!

 

bf5791f1ef291667f8ecaade024c419a.jpg

 

Este também me parece muito bem... Super simples e com muita graça!

 

e33eb2fd3203d13e86d5a1a55975fc96.jpg

 

Aqui temos uma excelente opção low cost.

 

img_7505.jpg

 

E aqui mais uma opção low cost super gira!

 

f0683a971c06a4120096fbccfbca0e23.jpg

Imagens do Pinterest

 

P.s.: Tenho uma amiga que ia ficar louca com esta opção monstrinha das bolachas.

 

Já sabem qual é que gostam mais?

 

Contamos com as vossas opiniões!

 

Acompanhem-me também no Instagram aqui e no Facebook aqui.

 

Porto: Os jardins do Palácio de Cristal

Já sabem que adoro viajar e, sobretudo, render-me aos passeios sem planos (pelo menos no meu país, se não, não me apanham sem mapa e notas bem tiradas). Em Portugal gosto mesmo de simplesmente caminhar e deixar-me surpreender. Existem pequenos recantos tão inspiradores que além de merecerem uma bela visita, ainda merecem que essa fique bem registada. Os jardins do Palácio de Cristal, no Porto, são um desses exemplos.

 

IMG_2560.JPG

 

Esta semana tive oportunidade de ir ao Porto e, apesar de ter sido (mais uma) viagem relâmpago, foi maravilhoso ter tido tempo para relaxar e usufruir do encanto destes fantásticos jardins. Já conhecia, mas apenas de passagem e mal. Desta vez, consegui explorar o que de melhor têm para oferecer aos visitantes: paz e tranquilidade.

 

IMG_2604.JPG

 

Os jardins românticos do Palácio de Cristal estão localizados na freguesia de Massarelos, no Porto. Ocupam 8 hectares e foram projetados no século XIX.

 

IMG_2509.JPG

 

Esta é outra das entradas possíveis nestes jardins.

 

IMG_2490.JPG

 

O que mais me fascinou neste parque urbano foram as cores presentes por todo o lado, sobretudo através de belas flores e até da variedade de aves.

 

IMG_2494.JPG

IMG_2790.JPG

 

Patos ou os típicos pavões, que a grande maioria das pessoas já ouviu falar associado a este jardim, convivem pacificamente com os visitantes.

 

IMG_2513.JPG

 

Achei que é um parque fantástico também para passear num dia solarengo ou até um excelente ponto de encontro para um piquenique.

 

IMG_2519.JPG

 

Gostei particularmente desta zona dos jardins, que dão acesso às varandas sobre o Douro.

 

IMG_2545.JPG

 

É um dos locais imperdíveis...

 

IMG_2550.JPG

 

Digam lá se não tem uma vista fantástica?

 

IMG_2570.JPG

 

Em cada recanto parece existir mais um pormenor estupendo que torna o passeio ainda mais bonito. São inúmeros os miradouros, que se encontram em locais estratégicos para podermos usufruir da bela paisagem sobre o rio Douro.

 

IMG_2511.JPG

 

Este edifício, com a forma de uma cúpula, é o maior símbolo, em termos arquitetónicos dos jardins. Trata-se do Pavilhão Rosa Mota, que já foi apelidado de Pavilhão dos Desportos. Tem 30 metros de altura e capacidade para mais de 4500 espetadores. Além de eventos desportivos também costuma acolher outro tipo de iniciativas como, recentemente, a Feira do Livro.

 

IMG_20170221_130602.jpg

 

Gostei tanto deste jardim que só posso recomendar uma visita... Se for a dois, melhor ainda. Existem excelentes locais para namorar. 

 

Espero que gostem e que tenham gostado! Podem ainda ler sobre uma outra visita relâmpago e o passeio pela zona antiga da invicta aqui.

 

Acompanhem-me também no Instagram aqui e no Facebook aqui.

Nova parceria com aroma a "Tentação Ácida"...

IMG_2124.jpg

 

A minha paixão pelas coisas boas da vida já não é novidade para ninguém... E se há coisa que eu adoro é tratar de mim, sobretudo do meu longo cabelão (apesar de às vezes ter uma falta de paciência enorme, até para o secar).

 

Recentemente recebi uma excelente notícia que me deixou super feliz: Fui escolhida para ser uma das bloggers embaixadoras da Embelleze Portugal. Para quem não conhece, trata-se de uma empresa brasileira especializada em produtos de beleza capilar, tanto a nível profissional como doméstico.

 

Esta parceria veio mesmo a calhar, até porque me enviaram um produto que vai mesmo ao encontro do que estou a precisar: o Spray Condicionante Novex Tentação Ácida.

 

IMG_2131.jpg

 

Estou ansiosa para experimentar, porque promete proteger e reparar o cabelo das agressões diárias eliminando as pontas espigadas.

Como o meu cabelo, não é naturalmente loiro (infelizmente), estraga-se com muita facilidade, sobretudo as pontas. Às vezes até se torna difícil de pentear e um toque de suavidade e brilho dá mesmo muito jeito.

 

Além disso, este produto pode ser utilizado de três formas:

1 - Como primer, antes do champô;

2 - Como potenciador de hidratação, entre o champô e o condicionador ou a máscara;

3 - Como finalizador, após a lavagem ou pré-brushing.

 

Esta versatilidade parece-me muito bem. Já me conheço e provavelmente vou esquecer-me que pode ser utilizado da forma "número um", mas ainda vou ter mais duas chances de o utilizar.

 

Espero poder partilhar uns ótimos resultados convosco, em breve, até porque só o nome desta gama já promete: Tentação Ácida! O perfume já é irresistível...

 

Curiosos? Eu também!

 

Acompanhem-me também no Instagram aqui e no Facebook aqui.

 

 

A "moda" dos óculos de sol...

IMG_20170220_101138.jpg

 

Passo a vida a rir-me de algo, seja na rua ou em casa, acompanhada ou sozinha. Mas existe sempre motivo. Ultimamente tenho tido mais tempo para observar o que se passa à minha volta e ainda tenho mais razões para achar graça a determinadas coisas e pessoas. O que tenho reparado? Sobretudo que existem criaturas muito divertidas e que existem "modas" que se pegam. Uma delas não é de agora, mas é tão interessante...

 

Já repararam que cada vez existem mais pessoas a adotar os óculos de sol em todo o lado? Adoro, sobretudo, quando estão no metro e além dos óculos, estão ocupadas com o seu telemóvel e de vez em quando têm de o aproximar da vista, porque não vêem! Mas estão super felizes e fashion e estar fashion é o mais importante (preferia que estivessem mesmo felizes)! E o que algumas pessoas não fazem para estar na moda?

 

Antigamente eu associava o uso de óculos de sol em sítios fechados a determinadas figuras públicas que não desejavam ser reconhecidas... Gostavam de manter a sua privacidade e passarem despercebidas. No entanto, creio que o facto de não estar sol e manterem os óculos ainda aguçava mais a curiosidade alheia.

 

Depois vieram os reality shows e a nova moda passou a ser andar de óculos de sol em casa. Conheço adolescentes que chegaram a usar óculos de sol para dormir porque os fulanos da casa dos segredos os usavam também. Óculos de sol para dormir? Realmente... Assim se começam algumas modas (estúpidas?!)!

 

Eu não consigo andar de óculos escuros se não tenho luz. E qual é o objetivo?! Alguém me explica? Que eu saiba, o criador dos óculos de sol, que louvado seja, não os criou, com certeza, para as pessoas andarem de metro... Será que estou assim tão errada?

 

E vocês dizem: "Ah, mas nesta fotografia estavas a dormir de óculos (Gostaram? Só faltou babar um pouquinho)... Claro que foi só para a foto!

 

Mais alguém reparou nesta "moda"?

 

Quais foram as coisas mais estranhas que já viram?

 

Vocês também andam de óculos de sol em sítios fechados?

 

Acompanhem-me também no Instagram aqui e no Facebook aqui.

 

Ganhei o "vidamilhões": Sou livre!

A liberdade pelos visto tem sabor... tem um pequeno travo a salgado, mas é super apetitoso. Além de sabor também tem movimento e quando te bate na cabeça leva os teus cabelinhos atrás. Também tem temperatura e aquece-te a alma. Já para não falar da cor... Tem um tom laranja que pode ser mais ou menos radiante conforme a hora. Esta é, para mim, a descrição perfeita da liberdade, ou pelo menos é esta a descrição da minha experiência "no primeiro dia do resto da minha vida". Vejam...

 

IMG_2018.JPG

 

É ou não é? Sabem o melhor? É que todos os dias a liberdade pode ter uma descrição diferente. Não tem necessariamente de ser sempre igual. Ontem foi assim que me senti livre... Junto ao mar... a ver o pôr-dosol...

Senti-me tão bem e livre que até as minhas teorias ganharam forma...

 

IMG_2059.JPG

 

É bom sentirmo-nos assim e mais ainda quando sentimos que podemos partilhar estes momentos com alguém. Acreditem que poder fazê-lo convosco, que são, na grande maioria, pessoas desconhecidas, me traz muita felicidade. Sou feliz em cada comentário e em cada palavra de incentivo.

 

É uma prova real de que não é preciso ganhar o Euromilhões para ser feliz, basta ir ganhando seguidores!

 

Obrigada por me acompanharem!

 

Acompanhem-me também no Instagram aqui e no Facebook aqui.

O primeiro dia do resto da minha vida

IMG_20160809_162633.jpg

 

A minha vida mudou! Nada vai voltar a ser como era, porque agora vou finalmente ter tempo para mim, para fazer o que gosto e para estar com quem eu quero. Vocês serão os grandes beneficiados com esta mudança porque vou dedicar-me mais ao blog e aos temas que sempre quis explorar...

 

Os dias são meus... as horas, os minutos e os segundos. Vou poder fazer o que eu quiser e tirar o máximo partido da vida. Não adiarei mais pormenores na organização do meu casamento e continuarei sempre a mostrar-vos o melhor da vida. Até porque, agora, o melhor da vida será encontrado um bocadinho mais longe da minha secretária... será lá fora a ouvir os pássaros, a sentir o vento na cara e o calor proveniente do sol. Sou livre. Sou livre para fazer o que eu quiser!

 

Sou livre e transmitir-vos-ei o sabor dessa liberdade!

 

Acompanham-me nessa viagem?

 

O meu Instagram vai revelar muitos desses passos... Sigam-me!

 

Acompanhem-me também no Facebook aqui.

A história de um amor que a morte não apagou

livro.jpg

  

Bolas... Eu sou uma pessoa sensível e ainda tenho a lágrima no canto do olho... As feridas de amor emocionam-me... e ontem conheci uma história que me deixou bastante sensibilizada. Uma ferida de amor involuntária... uma ferida que não estava programada e que nem devia existir. Bolas... O meu coração ainda bate de tristeza ao recordar o que vi nesta reportagem da TVI. Os meus parabéns à jornalista Sónia Santos e à forma como abordou este tema, que como a própria peça refere, trata-se de "um amor que nem a morte separou".

 

Conheci a história da Carolina Tendon, uma jovem bailarina de 22 anos, que adormeceu no dia 9 de fevereiro de 2014 e que não voltou a acordar. Morreu com uma embolia pulmonar. A família suspeita que o motivo da sua morte esteve relacionado com a toma da pílula Yasmim (como podem ver aqui). Não percebi, apesar de ter pesquisado, se existiu, de facto, uma relação com a sua toma e a sua morte.

 

A reportagem a que assisti não tem o objetivo de contar a história da Carolina e da sua morte, mas sim, como já referi, da sua história de amor com Pedro Pinto (o namorado). Já se passaram alguns anos, mas parece que ela continua bem presente na vida deste jovem. Carolina era natural do Algarve e estava em Évora a terminar o 5º ano de medicina. Além de trocar algumas cartas com o namorado, escrevia desde os 10 anos.

 

Com a ajuda da família e dos amigos, Pedro Pinto reuniu os textos e as frases dela, compilou e fez nascer o livro "De Mim para Mim". Considero que é uma homenagem e uma prova de amor fantástica. Além disso, foi criado um álbum do livro que podem ouvir aqui.

 

A Carolina partiu, mas parece que os seus sonhos e as suas ambições continuam a alcançar o sucesso. Até porque como, ela, escreveu sobre as suas próprias palavras: "Não serve para ter na cabeceira nem para guardar na estante ou na gaveta, serve para inspirar a vida - a vossa!". Sinto-me verdadeiramente inspirada pela sua história. Sinto-me inspirada pelo amor que motivou Pedro Pinto a tornar a sua memória eterna...

 

Pedro Pinto é músico, desenvolveu o projeto Reflect, que podem conhecer aqui. Gostei do que ouvi... Gostei do sentimento em cada palavra cantada... Gostei das suas melodias e de perceber que a sua música é tocada com o coração...

 

Não o conheço, mas já gosto bastante da sua garra e da sua força de vontade, além do seu trabalho excecional. Só não gostei do que li nas últimas linhas da sua última publicação no Facebook: "Até encontrar as minhas respostas, decidi 'adormecer' o Reflect para voltar da sombra com toda a força do mundo, em direção à luz que quero para a minha música e para a minha vida. Obrigado por tudo o que me permitiram viver enquanto Reflect e até breve, espero.". Eu é que espero, muito brevemente, poder ver o seu trabalho ao vivo num grande palco... E que, esta, seja apenas uma fase da sua vida. Força!

 

A fotografia utilizada neste post é a capa do livro "De Mim para Mim" e foi retirada do site www.carolinatendon.pt.

 

Acompanhem-me também no Instagram aqui e no Facebook aqui.

  

Não vou comemorar o Dia dos Namorados!

16585380_2105075856385575_7211489925252775936_n.jpg

 

Não vou jantar fora, não vou passar a noite num hotel romântico à beira mar, não vou adormecer a dizer ao amor da minha vida que o amo, não vou acordá-lo com um beijo apaixonado a meio da noite... Nem sequer vou estar com ele. Existem compromissos que falam mais alto. O trabalho dele assim o exigiu, mantendo-o longe de mim nesta data. Mas esta data tem assim tanta importância? Claro que não, porque não abdico, em momento algum, de dizer-lhe o que sinto e o quanto me faz feliz.

 

Todos os dias namoramos e trocamos juras de amor eterno. Não precisamos deste dia para nos lembrarmos o quanto gostamos um do outro.

 

Confesso que sou fã de efemérides. Acho que se existem devem ser vividas tal como a tradição dita. Adoro o dia de São Valentim, o Carnaval, a Páscoa... Tudo, tudo, tudo! São datas que nos obrigam a sair da rotina de um dia como outro qualquer. É ou não é? E vou adorar que seja criado o dia das Teorias da Elsa. Quem sabe?!

 

Claro que, cada vez mais, algumas datas apelam ao consumismo. Também faz parte! O comércio local é o grande beneficiado (além das grandes superfícies naturalmente), mas não acho que isso seja mau! Quem pretender optar por presentes ou surpresas caseiras, está sempre à vontade para o fazer... Para os que deixam essas coisas para a última hora, sempre podem dar uma vista de olhos no texto que fiz sobre o dia dos namorados, este.

 

Amar é dos melhores sentimentos do mundo. Amar e ser amado é a cereja no topo do universo. Amar alguém como o meu noivo é a certeza de que serei feliz para toda a eternidade. Todos os dias agradeço por este Ser ter aparecido na minha órbita.

 

Amo-te!

 

Acompanhem-me também no Instagram aqui e no Facebook aqui.

 

Tempos de mudança

IMG_20161230_111059_023.jpg

  

Mudar é bom, mudar faz bem! Eu acredito vivamente nisso. Conheço muita gente que não pensa assim, mas esta é a minha perspetiva de vida. Tu sabes o que não queres para ti e não sabes como será o "desconhecido", mas também não sabes se esse "desconhecido" não valerá mais a pena do que o que já conheces, o que estás a viver e a passar atualmente. Eu acredito que se não estás bem e feliz, tens de fazer alguma coisa para ficares. Não podes deixar simplesmente o tempo passar e encarregar-se de resolver os teus problemas. Se não fizeres nada, o tempo só te vai afastar mais ainda dos teus objetivos de vida, das tuas ambições. Muda. Procura a mudança. Encontra uma mudança saudável.

 

Às vezes o destino até se pode encarregar de te tornar essa tarefa mais fácil, o problema é quando não estás recetivo a perceber que a saída surgiu. Existem oportunidades que podem aparecer apenas uma vez, mesmo que para as aproveitares tenhas de ultrapassar algumas batalhas, só te posso dizer que as oportunidades não se desperdiçam. Agarra-as com as duas mãos. Sobretudo se ainda estás com receio. Existem tantos sinais, tantas dicas na nossa vida que nos indicam qual o caminho a seguir. Precisas de estar atento, mas sobretudo recetivo. Agora, posso garantir-te uma coisa: sem trabalho, força e dedicação, nada acontece. As coisas não caem do céu. Podemos ter alguma sorte, mas apenas isso não chega. Precisas de te focar nos teus objetivos e trabalhar para isso. Conquistar!

 

Estou a viver um tempo de mudança. Não sei se será para melhor ou pior, mas o facto de mudar, por si só já é espetacular. Já vos disse algumas vezes que este vai ser o ano mais feliz de sempre... Como é que eu sei? Porque eu quero que seja! Mesmo que venham coisas menos boas, serão encaradas como uma aprendizagem necessária. Esse é espírito, o segredo, a diferença... Tem tudo para correr bem!

 

O que eu quero dizer com isto tudo? Aproveitem as oportunidades de mudança que a vida vos dá sem receios e acreditando sempre que o que está por vir será ainda melhor e mais intenso do que o que estão a viver. 

 

Nunca ouviram dizer que quando se fecha uma porta, abre-se uma janela?

 

Acompanhem-me também no Instagram aqui e no Facebook aqui.

 

 

Lua-de-mel: Por aqui pesquisa-se China e Indonésia

Não estranhem a minha ausência por estas bandas...

Parece que tenho mesmo de grudar no meu noivo e planear a nossa fantástica viagem de lua-de-mel! Afinal de contas pretendemos conhecer dois países extraordinários na Ásia. Recordam-se de já vos ter dito aqui?

 

Planear uma viagem é sempre a parte chata, mas quanto melhor se conhecer o país, a sua cultura e todas as burocracias envolventes, mais garantias teremos de que tudo vai correr bem.


Além do mais, quais são os malucos que se aventuram a viajar de mochila às costas, mais de um mês, em países que poderão ser, por exemplo, a China ou a Indonésia? Acredito que não sejamos os únicos (se por aí existirem casais como nós, por favor, acusem-se). Só para a minha mãe, que também lê o blog de vez em quando, não pensar que somos assim tão diferentes dos outros...

Já percebemos que vai ser uma viagem longa e muito cansativa... nomeadamente os voos. A nossa ideia é voar de Lisboa para Pequim, percorrer o país pelo litoral até Hong Kong. Voar daqui para Bali. Finalizar a visita à Indonésia em Jacarta e regressar a Portugal. Existem escalas de 13 e de 24 horas. Há partida, se fizermos esta compra, as escalas são em Zurique e Frankfurt. Vai ser uma loucura, não vai? E provavelmente, quando regressarmos precisamos de férias duplas... para recuperar do cansaço do casamento e da lua-de-mel...

 

Queremos "escapar" à época das monções... E segundo as nossas pesquisas, a Indonésia oferece uma meteorologia mais estável na época em que viajamos.

 

Com esta viagem queremos juntar o melhor destes dois mundos. Uma opção mais cultural e outra, que apesar de também ser bastante rica culturalmente, nos vai conseguir proporcionar uns dias mais tranquilos em paisagens paradisíacas. 

 

buddha-1210622_1920.jpg

 

Este é um dos locais que tenho mais curiosidade em conhecer. O conjunto de Borobudur, o maior monumento budista do mundo. Localiza-se na ilha de Java, na Indonésia.

 

great-wall-of-china-1113685_1920.jpg

 

Claro que temos enorme curiosidade em conhecer um pedacito da muralha da China, até porque percorrer os seus 21196 quilômetros seria louco demais, pelo menos para recém-casados. Ou não?

 

forbidden-city-220099_1280.jpg

 

Os Palácios Imperiais das Dinastias Ming e Quing na Cidade Proibida, em Pequim. O complexo comtempla 980 edifícios. Será tudo em grande na China?

 

shanghai-bund-night-1213148_1920.jpg

 

Xangai, as suas luzes, os edifícios e, mais uma vez, a sua grandiosidade. É a maior cidade da República Popular da China e uma das maiores áreas metropolitanas do mundo, com mais de 20 milhões de habitantes. Só espero não perder o moçoilo...

 

hong-kong-1547512_1920.jpg

 

Hong Kong! E esta imagem é só para aterrorizar o noivo que "adora" alturas.

 

ubud-277349_1920.jpg

 

Já ouvi falar tão bem de Ubud, na ilha de Bali, na Indonésia, que tenho muita curiosidade. É considerada um dos maiores centros de artes e culturas de Bali.

 

indonesia-1871225_1920.jpg

 

Para terminar esta bela galeria... Só poderia ser desta forma: nas ilhas Gili, na Indonésia. A praia de Gili Meno está classificada pelo Tripadvisor como uma das 10 melhores praias no país. É tentador ou não? Já me estou a imaginar ali esticadinha ao lado do homem da minha vida...

 

Sugestões e opiniões são sempre bem-vindas, sobretudo no que toca a locais menos explorados e menos turísticos... Essa vai ser a próxima fase da pesquisa.

 

Acompanhem-me também no Instagram aqui e no Facebook aqui.

 

As imagens utilizadas neste post são todas CC0 Public Domain, disponíveis através do site pixabay.com.

 

 

 

Casamento: A primeira prova do vestido de noiva

IMG_1899 (1).JPG

 

Nunca mais em toda a minha vida esquecerei este dia!

Todos os passos na organização e planeamento do meu casamento têm sido fantásticos, mas sem dúvida que para uma noiva, a primeira prova do vestido que a vai tornar princesa por um dia é dos momentos mais marcantes. Eu estava nervosa, receosa de não encontrar o tal... sem saber o que queria e ao mesmo tempo com ideias muito definidas. Tinha tantos receios, lembram-se (aqui)? Só no próprio dia é que tomei consciência da importância da minha decisão. Antes de entrar na loja, bebi um café e foi aí que as pernas começaram a tremer. Levei algumas pessoas comigo que só me perguntavam: "Mas porquê que estás nervosa?" Eu só dizia que não sabia... E não! Era apenas uma prova... mas uma prova de uma dimensão gigante, pelo menos na minha cabeça...

Gostei tanto de me ver vestida de noiva... Nunca pensei que me fosse sentir tão bem! Aliás, por mim só andava vestida de noiva! Mas, vou contar-vos tudinho...

 

A minha aventura começou na Exponoivos, onde conheci inúmeras lojas de vestidos de noiva. A variedade era de facto muita e até pensei que nunca ia conseguir encontrar uma loja que me cativasse e que me chamasse verdadeiramente a atenção. Até que num cantinho, perdido de mais um stand enorme, com vestidos fantásticos, encontrei este:

 

15941121_1111635895602428_2311354243417129764_n.jpg

 

Ainda se recordam do post que mencionei em cima sobre os receios do vestido de noiva (este)? Tem ou não tem algumas semelhanças com aquele? Pois é... há quem diga que devemos seguir os instintos e eu segui os meus! Falei com a responsável da CasArt, a Sabrina Burnaz, e agendei a minha primeira prova.

 

O antes de entrar na loja já vos contei... agora vou falar-vos do durante e do depois...

Foi a Sabrina que me recebeu, juntamente com as fantásticas pessoas que me acompanharam. A CasArt está dividida em dois pisos. No piso térreo estão em exposição sobretudo os vestidos para acompanhantes, a roupa de noivo, lembranças, convites, entre outros pormenores... Quando desci para o piso inferior, os meus olhos brilharam. Era uma sala enorme repleta dos mais bonitos vestidos que possam imaginar. Das mais variadas formas e feitios. Ela encaminhou-me para uma sala rodeada de espelhos e ali aconteceu toda a magia. Percebeu logo o que eu gostava e foi-me trazendo modelos para experimentar. Foi a primeira vez na vida que me senti como fazendo parte de um filme de princesas. A simpatia e a paciência da Sabrina conquistou-me. Apaixonei-me por mais do que um vestido. Sim, a escolha é bem mais difícil do que parece... Eles eram todos tão bonitos que não me importava de ficar com todos e ia trocando... 

 

IMG_1872.JPG

 

Na verdade saí da CasArt com um sorriso de orelha a orelha... experimentei perto de uns 20 modelos em cerca de 1h30. Posso dizer-vos que fiquei rendida ao excelente trabalho e à paixão demonstrada pelos colaboradores desta loja e que só posso recomendar uma experiência destas a todas as noivinhas.

Nós merecemos ter um primeiro, segundo ou terceiro contacto com alguém que realmente sabe o que está a fazer e que nos consegue ajudar a viver ainda mais intensamente aquele dia tão importante das nossas vidas. Os vestidos são lindíssimos, a qualidade é excelente e os preços são bem em conta.

 

Fica a dica... Além de vestidos de noiva, a CasArt oferece muitos outros serviços e produtos que podem ser úteis para o vosso grande dia. Situa-se na Bobadela, bem pertinho de Lisboa. Podem obter mais informações na sua página de Facebook aqui ou visitar o seu espacinho no site casamentos.pt aqui.

 

IMG_1863.JPG

 

Agora resta saber qual vai ser a decisão... Essa é a parte mais difícil... 

 

Acompanhem-me também no Instagram aqui e no Facebook aqui.

 

Ginásio: Como superar os complexos

IMG_20170127_135820_925.jpg

 

Estou a treinar com a maior convicção do mundo e com a esperança de que talvez um dia consiga ter uma cinturinha de vespa... e de repente... ao meu lado, aparece aquela boazona com mais meio metro do que eu, um grande e jeitoso par de mamas e a tal cintura que sempre invejei. Começo a observar pelo canto do olho o que é que a dita quase top model faz a mais ou a menos do que eu. Quase que os pesos me caiem ao chão, tal é a falta de concentração no meu treino. Os homens gigantes e musculados também vão desviando o olhar, e parece que quando olham para mim me lançam aquele pensamento do tipo "é mesmo boa". Começo a sentir-me cada vez mais "pequenina". Tento concentrar-me no meu treino e aumentar de 18 kg para 25 kg o press de braços (aquela máquina que estica e flete os bracinhos). Como aumentei 7 kg por causa da "outra" só aguento metade do tempo...

 

O que eu tenho para vos dizer meninas (os meninos também podem dar a sua opinião) é que se isto já aconteceu convosco e se acabaram por se sentir como se fizessem parte de uma série humorística... riam-se porque já somos duas. É impressionante como às vezes nos conseguimos sentir tão desajeitadas e há sempre a típica marrona do ginásio que até é capaz de correr na passadeira só com uma perna.

 

Agora até estou mais magrinha e um pouco mais ágil... mas sobretudo mais à vontade com o meu corpo e com quem me rodeia. Esses complexos de inferioridade já lá vão e o melhor? Sou muito mais feliz! Quero lá saber se há uma gostosa ao meu lado a levantar 50 kg. Eu levanto os quilos que eu quiser e os que for capaz. Não sou pessoa de desistir e talvez um dia chegue lá... mas não tenho de ser igual a ninguém.

 

Hoje deixo-vos esta mensagem sobretudo porque às vezes olho em meu redor, no ginásio, e vejo muitas meninas e até senhoras pouco à vontade, mas não devem ter vergonha e muito menos complexos. Sou defensora do exercício sobretudo porque acredito que proporciona bem-estar físico e psicológico. Faz bem à saúde e deixa-nos com uma sensação de leveza inexplicável. Como já vos contei aqui, vou ao ginásio à hora de almoço e muitas vezes dou por mim a chamar-me louca pelo sacrifício e correria que faço para conseguir ir. A grande recompensa vem depois, quando saiu e me sinto renovada.

 

Talvez aquela gostosona que treina ao meu lado esteja lá uma manhã inteira, mas eu não consigo. No entanto, sinto-me extremamente orgulhosa por estar lá meia hora e por todos os dias conseguir superar-me.

 

Claro que adorava ter um corpo de sonho, mas além de só depender de mim, tenho o corpo que consigo (recordem aqui um dos meus truques para, pelo menos, ir mantendo a coisa estável).

 

O que fazer então?

- O meu conselho para superarem os complexos passa sobretudo por se aceitarem tal e qual como são.

- Depois de se aceitarem e de gostarem de vocês próprios, aprendam ou reforcem hábitos mais saudáveis. Não adianta estar um dia inteiro no ginásio se depois como tudo o que me apetece.

- Pensem primeiro na vossa saúde e só depois em perder peso ou em definir o vosso corpo.

- Não deixem de olhar para as outras... Não tem mal nenhum, desde que não destabilize a vossa concentração (deixar cair um peso num pé pode ser fatal).

- Aos poucos vão começar a ver resultados, encarem-nos como uma motivação e nunca como algo do género: "Perdi 3 kg, já me posso esticar". O nosso corpo não é elástico. E este tipo de pensamentos podem causar marcas bem visíveis (as estrias são um bom exemplo disso).

- Nunca, em momento algum tenham vergonha do vosso corpo, seja porque motivo for. Podem existir muitos motivos para não termos, nem conseguirmos ter, o corpo perfeito, mas a perfeição existe? Claro! A perfeição és tu, sou eu, somos nós tal e qual como nascemos, crescemos e com todas as condicionantes da vida. O mais importante é sabermos aceitar o que nos está destinado. ACEITAR!

 

Força e coragem para todas e até todos (mais não seja os tais musculados de dois metros) que se identificam com as minhas palavras!

 

Acompanhem-me também no Instagram aqui e no Facebook aqui.

 

 

Dia dos namorados... O que fazer?

Falta tão pouco para chegar aquele dia em que todos os anos brindamos ao amor... O grande problema é que não deixa de ser mais uma preocupação. O que vamos fazer? De que forma vamos conseguir surpreender? Como gastar pouco dinheiro? Como nem sequer gastar dinheiro?

 

2488940321b744180686c19b7c6e802f.jpg

 

Bom, não sou perita em fazer surpresas românticas, mas sou criativa!

 

Aqui estão 10 sugestões para vos facilitar a vida (e dificultar a minha, visto que o meu noivo é um leitor assíduo do meu blog - e ao leres isto amor, não te preocupes... a melhor surpresa que me podes dar é um beijo apaixonado):

 

#1Se tiverem tempo e disponibilidade finaceira, eu aconselho a darem uma vista de olhos nos agregadores de descontos que funcionam através de vouchers. Quando não sei o que oferecer, são ótimos para comprar prendas de última hora ou para adquirir aquele fim-de-semana romântico a um preço bem mais em conta. O melhor? Têm uma série de ofertas concentradas no mesmo sítio e é só imprimir o voucher. Não querendo optar por vouchers, sempre têm a plataforma Mygon que permite reservar e pagar diretamente no local.

 

alcohol-1853380_1920.jpg

 

#2 Claro que uma massagem a dois seguido de um jantar é sempre uma excelente opção. Nesses agregadores de descontos encontram dezenas de massagens a preços muitos razoáveis.

 

massage-therapy-1584711_1920.jpg

 

#3 Sempre existe a possibilidade de sermos nós a fazer a massagem. Além de ficar bem mais barato, torna o momento ainda mais intimista e romântico. Se não souberem como fazer, não hesitem em pesquisar no Youtube e de certo encontrarão dezenas de tutoriais que explicam a melhor forma de massajar o amor da vossa vida. Eu gostei desta explicação:

 

 

#4 Também nas plataformas que já referi em cima podem encontrar opções para um jantar romântico. Posso sugerir-vos uma opção (que também foi uma surpresa do meu noivo) e que adorei. O restaurante Ilhas Gregas, em Santos, Lisboa. Podem ler mais informações sobre o mesmo aqui no blog. A grande particularidade deste restaurante é o facto de estar incluída gratuitamente uma viagem de tuk-tuk de um ponto de encontro na cidade diretamente para a "Grécia em Portugal". Também podem fazer a reserva com desconto pela Mygon, a plataforma que mais utilizo para reservar restaurantes.

 

IMG_20161013_194648.jpg

 

#5 Podem optar por um serviço delivery. Se não querem arriscar pelas típicas pizzas têm sempre a opção de pesquisarem empresas que façam entregas em casa. Se gostam de Sushi, já existe uma empresa, que ainda não experimentei, mas que tenho bastante curiosidade: o Sushi at Home.

No ano passado optei pela entrega em casa e adorei. Contratei um serviço que tinha um menu especial para este dia. Ficamos com muito mais tempo para namorar.

 

sushi-933065_1920.jpg

 

#6 Neste caso, é uma sugestão para os meninos fazerem às meninas: oferecerem flores. São poucas as mulheres que não gostam de flores e neste dia gostam mais ainda (eu pelo menos). Uma excelente forma de surpreender é optando pelo serviço de entrega. Existem floristas que prestam esse serviço (fazendo uma breve pesquisa encontrei esta). Atenção que podem existir mulheres menos recetivas a receberem flores no trabalho, mas de certeza que vocês vão saber se elas vão gostar ou não.

 

bouquet-691862_1280.jpg

 

#7 É muito mais difícil oferecer prendas aos homens. Não existe um cliché de prenda tão simples, como por exemplo, as flores para a mulher. Por isso, a minha sugestão de presente das meninas para os meninos passa por roupa, sapatos, livros, cintos, boxers ou perfumes. Também podem experimentar oferecer um raminho de flores. Existem muitos homens que também gostam, as mulheres é que acham que não.

 

loop-1345191_1920.jpg

 

#8 Não tenho dinheiro e agora? Vou ao Pinterest! Ainda não conhecem? Nem sabem o que perdem. Podem seguir o meu aqui. Não há nada melhor e mais sentimental do que oferecer presentes realmente originais. Ideias aqui não faltam. Simples, super fácil e muito económicas. Vocês seriam capazes de responder à pergunta "Porque te amo?" quantas vezes? Respondam, mas talvez seja melhor arranjarem um frasco mais pequeno do que o da imagem...

 

468ed62b5811a6ad28acd47dc64b0a12.jpg

 

9f074256e0d2bbadbc6f7681b3763abf.jpg

 

#9 Ofereçam os vossos momentos em fotos. Existem ideias tão giras e originais. Se ainda não vivem juntos pode ser uma excelente forma de estarem mais pertinho quando estão longe um do outro. Se já moram juntos, aquele apanhado da vossa vida a dois ficará certamente na memória deste dia. Vejam estas ideias super giras:

 

ed77e084b6038756b59bfed5f6db16d6.jpg

 

22fb7801f50106ee46ffcc6521b94084.jpg

 

#10 Enfeitem a casa a rigor e simplesmente digam à outra pessoa que a amam e porquê. Comuniquem com ele ou com ela. Sejam sinceros. Expressem a vossa paixão. Existe alguma coisa mais romântica e original?

 

42e255b65083f86c71aa363a07b19ae5.jpg

 

Se não tiverem casa... enfeitem um jardim público, uma local abandonado ou qualquer outro cantinho no mundo...

 

 

Já não existem desculpas para deixar este dia passar em branco. O amor é dos melhores sentimentos do mundo, quando correspondido. Alimentar a paixão é das coisas mais importantes numa relação. Se realmente gostamos da pessoa que está ao nosso lado, porque não dizê-lo todos os dias?

 

Para os solteiros tenho uma excelente sugestão, pelo menos quando eu era solteira fazia sempre questão de cumprir a tradição: Primeiro comprava um presente para mim, depois combinava um jantar romântico com uma ou mais pessoas de quem gostasse (podemos tornar o dia de São Valentim bem mais abrangente do que realmente é!).

 

O que acharam das minhas sugestões?

 

Acompanhem-me também no Instagram aqui e no Facebook aqui.

 

Algumas imagens foram retiradas do Pinterest e estão direcionadas para os respetivos links (cliquem nas imagens). As restantes são CC0 Public Domain.

 

Porquê As Teorias da Elsa?

15871608_1105990929500258_1184505827687217592_n.jpg

 

Sempre fui uma rapariga de muitas teorias e quem me conhece sabe disso. A minha maior teoria sempre foi a de que a felicidade conquista-se. Mas será essa uma conquista fácil? Tem dias que sim, outros que não. Existem vários passos que podem facilitar esse caminho.

Há mais de um ano criei a minha página de Facebook e era lá que mandava os meus bitaites. Detesto ver as pessoas tristes, sejam amigos, pessoas mais ou menos fixes, a família ou qualquer figura pública que apareça na televisão... ver tristeza nos olhos de alguém é algo que me deixa bem frustrada. Sempre tive uma teoria para todos os problemas, uma solução ou uma forma de contornar a situação. Gosto de poder ajudar e às vezes até é mais fácil dar auxílio a alguém que não conhecemos ou que conhecemos menos bem.

Eu também não sou perfeita, nem estou sempre feliz e contente da vida... E às vezes são pessoas que nem me conhecem que ouvem os meus dasabafos... Acho que acaba por ser algo natural.

As Teorias da Elsa existem porque achei que não devia ser egoista e guardá-las apenas para mim. Podem até nem fazer sentido nenhum ou não alcançar as pessoas da forma como desejava mas, pelo menos, gosto de pensar que ainda que seja bem lá do outro canto do mundo, alguém se pode identificar com alguma das minhas palavras e eventualmente esboçar um sorriso.

 

Pode ser? Só umzinho?

 

Acompanhem-me também no Instagram aqui e no Facebook aqui.

 

 

Receitas: Lasanha de legumes, atum e delícias do mar

16124322_366528487038520_4461263954345197568_n.jpg

 

Já sabem que receitas rápidas, simples e saudáveis são com quem? Comigo, claro!

Nas poucas vezes que o meu noivo me deixa dar largas à imaginação na cozinha, lá vou eu toda contente...

O que mais gosto é de abrir o frigorífico e simplesmente criar. Sou uma criativa!

Na verdade, com a falta de tempo não temos tido grande coisa no frigorífico, o que vale é que o congelador tem safado a situação. Podem fazer esta receita com produtos frescos ou congelados. O resultado será ótimo e o modo de preparação é mega prático.

 

Espero que gostem!

 

Ingredientes (para quatro pessoas):

- 8 folhas de lasanha

- 100 g de cogumelos (opcional)

- 2 latas de atum

- 100 g de delícias do mar

- Legumes e quantidades a gosto (eu escolhi couve-de-bruxelas e cenoura)

- Salsa e coentros a gosto

- Queijo light ralado a gosto

- Cebola

- Alho

- Sal q.b.

- Azeite q.b.

 

Modo de preparação:

Numa panela grande juntar a cebola, o alho, a salsa, os coentros, os cogumelos, os legumes e as delícias do mar. Adicionar água se necessário, mas pouca. Os próprios legumes vão libertar água. Colocar o sal. Tapar e deixar cozer. Quando estiverem cozidos juntar o atum e um fio de azeite até ficarem em pasta. Passar tudo com a varinha mágica apenas para homogeneizar. Noutro recipiente deixar a massa da lasanha a demolhar com água quente. Barrar o recipiente que irá ao forno com um fio de azeite. Colocar a pasta de legumes, atum e delícias do mar no fundo e ir intercalando com a massa já demolhada. Cobrir com a massa e o queijo light ralado. Pré-aqueça o forno a 190º. Levar ao forno até dourar e o queijo ficar derretido (cerca de 20 minutos). Acompanhem com salada e deliciem-se.

 

Conheçam outras receitas super rápidas, fáceis e saudáveis aqui.

 

Acompanhem-me também no Instagram aqui e no Facebook aqui.

 

 

Porque vou casar no Alentejo?

Já muitas pessoas nos perguntaram o porquê de casarmos nesta zona do país, visto que somos de Lisboa, mas é uma resposta super simples! 

Temos família no Minho e no Alentejo, por tanto, existiam três opções, até porque consideramos que estas são as nossas terras. As nossas segundas casas.

Assim sendo, normalmente diz-se que um casamento deve ser feito na terra da noiva, mas nós vamos fugir à regra e casar na terra do noivo. Não queremos ser diferentes, apesar de já o sermos naturalmente... Queremos ser práticos e apaixonados pela envolvência do momento!

Fosse qual fosse a terra teríamos sempre de mover maltinha do conforto das suas casas, aqui, em termos práticos temos inúmeras possibilidades de alojamento (o que muito agradecemos a todas as pessoas que nos estão a facilitar a vida).

Por isso, o Alentejo cumpre na perfeição o que imaginei, apesar de sempre ter sonhado casar na praia.

Quando conheci a barragem onde vai decorrer a nossa cerimónia o meu coração palpitou ainda com mais força. A beleza natural daquela paisagem arrepiou-me. A felicidade do meu futuro marido cada vez que está na sua terra, ao lado das pessoas fantásticas que conhece, enche-me o coração de felicidade também. Foi na terra dele que começamos a namorar. Foi lá que me senti acarinhada por todos desde o primeiro dia. O destino quis também juntar-nos no nosso segundo encontro por aquelas bandas. Foi lá que me pediu em casamento da forma mais fantástica do mundo.

Só algo tão grandioso e espetacular como este pequeno cantinho no meio do Alentejo poderia fazer-me mudar de ideias e trocar a praia por um pedaço de água aprisionado.

Desde o primeiro dia que soube que aquele era o local perfeito. Não houve qualquer discussão ou qualquer tipo de reticência. Sim, tinha de ser ali.

Claro que adoro a minha terrinha, Ponte de Lima é afinal a vila mais antiga de Portugal e a sua beleza é indiscutível. Até poderia casar junto ao Rio Lima... Mas a verdade é que o sentimento que tive na hora de optar por uma localização, a outra ou então Lisboa, inclinou totalmente para apenas um sítio. Não fui eu que escolhi aquela barragem para casar... foi ela que me escolheu. Foi paixão à primeira vista.

Praticamente não conhecia o Alentejo. O meu noivo abriu-me as portas para um novo mundo que hoje adoro e onde me sinto tão bem... Sabem o que mais gosto? O calor! A certeza de que aquele sol maravilhoso só se vai embora, em pleno verão, bem ao final do dia. A certeza de que aquele pôr-do-sol é dos mais encantadores e intensos do país. Estou verdadeiramente encantada!

 

O que acham da nossa escolha?

 

Aqui fica um cheirinho da beleza deste pequeno recanto...

 

IMG_20161119_151401.jpg

 

Acompanhem-me também no Instagram aqui e no Facebook aqui. 

 

 

Açores: 24 horas em São Miguel

Parece uma difícil missão, mas não é! Com um carro e uma boa dose de loucura é possível! Loucura na ousadia de ir num dia e vir no outro, porque de resto é algo que se faz tranquilamente e sem pressas.

 

Esta viagem relâmpago para São Miguel foi a minha prenda de natal para o meu namorado e fez agora um ano em janeiro. Fomos num sábado, com partida de Lisboa às 07h35 e chegada às 09h05, e regressamos no domingo, com partida às 09h40 de Ponta Delgada e chegada às 13h. Como foi uma prenda não deveria dizê-lo, mas gastei pouco mais de 60€ no voo ida e volta para duas pessoas (easyjet).

 

Aproximadamente 24 horas parece pouco, mas na verdade não foi. O tempo foi tão bem aproveitado que pareceu uma eternidade... Como já referi, o facto de termos um carro permitiu que nos deslocássemos facilmente. Não existe muito trânsito na ilha, as estradas são boas (sim, há sempre o risco de encontrarmos umas vaquinhas nas estradas menos comuns ou até no meio de uma aldeia), mas os acessos são ótimos e é uma ilha lindíssima.

 

IMG_20160116_115421.jpg

 

É possível que algo deste género vos aconteça, mas mantenham a tranquilidade... se fossem ursos era muito pior. Estas vaquinhas são calminhas e nota-se que já estão habituadas a congestionar o trânsito.

 

 IMG_20160116_124529.jpg

 

Como o tempo era curto, tentámos focar-nos nos principais pontos de interesse. Eu já conhecia algumas partes da ilha. Em 2009 fui a São Miguel em trabalho e tive oportunidade de conhecer alguns dos locais mais bonitos. Assim sendo, partimos do aeroporto de Ponta Delgada em direção a um dos que considero mais interessantes: a Lagoa das Sete Cidades (considerada uma das Sete Maravilhas Naturais de Portugal).

 

Mapa aeroporto - Lagoa (1).jpg

 

Infelizmente o tempo não permitiu vislumbrar a beleza deste fantástico lugar. Apenas conseguimos ver a lagoa na zona de baixo, mesmo assim não se conseguia ver tudo.

 

IMG_20160116_111937.jpg

IMG_20160116_112036.jpg

 

Resolvemos fixar o nosso próximo destino na Caldeira Velha. Fizemos o percurso sempre pela costa. A maioria dos locais, na parte norte da ilha, são bastante idênticos. As praias são rochosas e sempre de areia preta. No entanto, é uma beleza única e diferente. Nesta zona da ilha já estava sol. Reparem:

 

IMG_20160116_122528.jpg

IMG_20160116_134502.jpg

 

Não conhecia a Caldeira Velha e confesso que foi um dos sítios que mais me impressionou. Além de sentir que estava num país totalmente diferente, tive oportunidade de me sentar e relaxar lado a lado com o meu mais que tudo e a natureza.

 

IMG_20160116_141126.jpg

 

Só tive pena de não entrar na água quentinha e relaxar ainda mais. Afinal, não é em qualquer lado que se pode entrar numa água entre os 35º C e os 38º C, ao ar livre, em pleno janeiro. Aqui podem! Existe uma pequena poça anexada e aquecida por esta fumarola das fotografias. Nestas imagens podem reparar nas bolinhas que saiem da água, trata-se de uma das manifestações de vulcanismo secundário. A água encontra-se em estado de ebulição.

 

IMG_20160116_141230.jpg

 

Continuando pelo campo fumarólico da Caldeira Velha encontramos esta lindíssima nascente de água. A sua cor acastanhada deve-se à grande abundância de ferro existente na água (apesar de quase não ser percetível na fotografia). A temperatura desta cascata ronda os 25º C. Acabamos por não entrar na água por preguiça. Esta zona encontra-se preparada com vestiários para o efeito.

Existe ainda um Centro de Interpretação Ambiental onde se pode facilmente perceber a constituição vulcânica da ilha. É muito interessante!

Para conhecer toda esta zona da Caldeira Velha é necessário pagar a entrada que tem o preço base de 2€ por pessoa. Podem obter mais informações no Facebook do Centro de Interpretação Ambiental da Caldeira Velha, aqui.

 

IMG_20160116_141556.jpg

 

Daqui partimos em direção à Lagoa do Fogo. É considerada por muitos a mais bonita da ilha. 

 

Caldeira_Lagoa do Fogo.jpg

 

A caminho ainda fizemos uma paragem no Miradouro da Bela Vista. Aqui consegue ter-se uma boa perceção geográfica desta zona da ilha.

 

IMG_20160116_145111 (1).jpg

 

Eu confesso que, apesar de nesta viagem não ter conseguido ver a Lagoa das Sete Cidades, fiquei muito satisfeita por a Lagoa do Fogo se encontrar minimamente visível. Achei lindíssima, mas acho difícil comparar as duas. Ambas são incrivelmente belas. Esta é bem mais pequena, mas a sua forma é tão encantadora.

 

IMG_20160116_150136 (1).jpg

 

Decidimos que a próxima paragem seria nas Caldeiras das Furnas.

 

Lagoa do Fogo_Caldeiras.jpg

 

Foi uma das zonas que conheci na primeira vez que fui a São Miguel e onde vi colocarem o tradicional cozido no interior da terra vulcânica. As temperaturas que emanam desta zona são tão elevadas que alguns restaurantes até têm o seu respetivo "buraquinho".

 

IMG_20160116_155704.jpg

IMG_20160116_160117.jpg

IMG_20160116_155914.jpg

 

Recordar o fantástico sabor do cozido à portuguesa das furnas fez aguçar o apetite. Alguns dos "buraquinhos" dos restaurantes estavam sinalizados com os seus nomes e os números de telefone. Marcámos mesa no restaurante O Miroma. A primeira vez que comi cozido das furnas sabia muito a enxofre. Desta vez estava perfeito. O restaurante é muito calmo, espaçoso e o atendimento foi excelente. Recomendo vivamente até porque o preço também foi muito em conta.

 

IMG_20160116_163935.jpg

 

O Restaurante localiza-se na zona das Furnas. Outra das zonas de grande atração da ilha. O percurso fez-se muito rapidamente desde a zona das Caldeiras.

 

Caldeiras Furnas.jpg

 

Na freguesia de Furnas encontram-se alguns dos exemplos da atividade vulcânica da ilha mais impressionantes, pelo menos para mim.

 

received_10207291048048037.jpg

 

À medida que nos íamos aproximando o fumo ia-se tornando mais intenso.

 

received_10207291051608126.jpg

received_10207291051408121.jpg

 

received_10207291051368120.jpg

 

Na imagem seguinte podem observar a Caldeira de Pêro Botelho. Esta foi a que mais me fascinou. Além da água ser cinzenta da cor da lava, existem várias estórias sobre o homem que inspirou o nome da própria caldeira. Diz-se que era uma pessoa com muito mau feitio e que um dia caiu lá dentro. 

 

received_10207291049048062.jpg

 

Daqui fomos para o hotel em Ponta Delgada. Este foi o nosso pôr-do-sol.

 

received_10207291047448022.jpeg

 

Ainda conseguimos jantar com uns amigos e beber uns copos no centro da cidade. 

 

 

received_10207291046768005.jpeg

 

Ponta Delgada tem uma zona de bares muito gira e recomendável. Um dos que conhecemos foi o Lisboa, Menina e Moça - A Tasca do Mário e tem a particularidade de disponibilizar música ao vivo, nomeadamente fado. É um espaço moderno e muito acolhedor.

 

Não achei nada demasiado caro nesta ilha.

Foi uma experiência que recomendo vivamente.

 

Para quem estava com dúvidas se valeria a pena aproveitar as viagens low cost , eu espero ter conseguido ajudar e esclarecer. Provavelmente ficou quase tão barato ir a São Miguel num fim-de-semana, como ir de Lisboa ao Porto de carro. Vale a pena arriscar... e muito mais ainda partir à aventura.

 

Faltou-nos apenas algo que adoramos: a convivência com os locais. Pararmos numa tasquinha e conhecer as histórias e as pessoas. Saber até as estórias e as lendas das aldeias. Mas ficou a promessa de que um dia voltaremos com mais calma ou então... fazemos mais 24 horas só em tascas e para convívios locais.

 

Depois de lerem todas estas dicas ainda não reservaram a vossa próxima escapadinha?

 

Todos os mapas têm hiperligações para poderem ver e analisar o percurso no google maps, basta clicar em cima do mesmo. Boa viagem!

 

Acompanhem-me também no Instagram aqui e no Facebook aqui.