Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

As Teorias da Elsa

Um blog que pretende motivar, inspirar, informar e dar a conhecer sítios e lugares surpreendentes.

As Teorias da Elsa

Um blog que pretende motivar, inspirar, informar e dar a conhecer sítios e lugares surpreendentes.

Este texto não é para se perceber!

15326610_1086836891415662_5354115750427718751_n.jp

 

Uma frase solta. Duas. Três. Nada faz sentido. Nada pretende fazer sentido.

Quero que te transformes num tudo, que encontres o meu caminho, que andes aos ziguezagues à minha frente, que te percas de riso quando nada tem piada. Vai-te lixar! Estás louca? Loucamente apaixonada! Loucamente perturbada!

Voltaste a juntar palavras sem sentir? Eu sinto tudo. Quero que tu sintas. Aprende a mudar o mundo. Sou um ser demasiado pequeno para mudar o rumo de tudo e de nada. Sou um ser que não repete erros. Erro sempre de forma diferente e muito competente.

Acredito nas pessoas. Traumatizo-me com elas, mas sobretudo comigo própria.

Porque tem de fazer sentido? Já disse que nada faz sentido! A vida não tem de fazer sentido. O riso ou o choro podem não conjugar com verbo algum, com pessoa nenhuma.

Podemos simplesmente andar aos saltinhos e aos pulinhos uns atrás dos outros. Que diferença faz? Eu não quero ser diferente! Giro, giro é ser igual aos outros. Curtir a mesma roupa, a mesma maquilhagem. Curtir, curtir, curtir.

Para quê querer mudar o mundo? Ninguém te ouve. Toda a gente é feliz. Toda a gente adora o seu emprego. Toda a gente adora a sua mulher e o seu marido. Se toda a gente tivesse dinheiro ficava em casa com as luzes e a televisão desligadas a agradecer ser rico.

Se as pessoas fossem felizes sorriam. Se sorriem para ti é porque lhes pagam para mostrar o amarelado dos dentes. Há outras que nem quando lhes pagam sorriem. Não devem ser vendidas!

Existem pessoas que não querem saber se os filhos estão bem. Também há outras que não querem saber se os pais precisam de alguma coisa.

Existe ainda quem ache que o bem está mal e que o mal está ótimo.

Mas porque razão estou eu a dizer estas coisas loucas? Porque todos os dias estou presa ao tempo. Esse "gajo", filho de um cabrão, que comanda a vida lado a lado com o filho da p*** do dinheiro. Juntaram-se os dois para nos tramar e ninguém vê. Anda tudo de venda nos olhos ou quê?

 

 

Estes são os meus devaneios de domingo.

 

Posso conhecer os vossos?

 

Acompanhem-me também no Instagram aqui e no Facebook aqui.

 

Casamento: Tapete de Pétalas

Há muito que sonho com o tão esperado dia do casório e vocês já sabem disso, mas não sou a única juntamente com o noivo!

Os nossos convidados estão cada vez mais ansiosos, aliás... a entrega dos nossos convites tem "aguçado" ainda mais o apetite.

Infelizmente não posso revelar tudo, mas só por enquanto! O nosso casamento promete e será, de facto, a festa do ano.

Não digo isto por ser a noiva, não pensem, mas porque tentamos que os nossos planos e ideias sejam mesmo diferentes.

Como nem tudo pode ser louco e abstrato, hoje partilho convosco um pormenor que não poderá faltar na cerimónia: um tapete para ser percorrido pela noiva.

O grande problema desse tradicional tapete é a quantidade de metros que precisaríamos para "forrar" a relva da nossa queridíssima barragem. Assim sendo, tive uma ideia brilhante: salpicar o chão com pétalas de rosa.

 

Algo deste género:

c9d0d412459dc74247a5e60d586d23df.jpg

 

Ou talvez menos quantidade por causa do vestido de noiva... assim:

 

50c8e79204e36fa4e4c550d075f36b2f.jpg

 

Gostaram?

 

1a8a50e78dddecad46035212938dd28a.jpg

 

Este exemplo com formas também não está mal, mas além de dar mais trabalho... Ninguém pode passar por cima antes da noivinha... Com crianças, torna-se complicado.

 

E já que estamos a falar de pétalas... Vejam estes cones amorosos:

 

da871e856de7c89a481d27faa207978b.jpg

16ee7ca89b695b5fcbaa0687b1572d3b.jpg

 

Também não vão poder faltar... Mas já me disseram que sendo pétalas verdadeiras corro o risco de ficar com o vestido manchado. Será mito ou poderá ser mesmo uma realidade?

 

9969e6082a0cce55520d16974987513c.jpg

 

Esta também é uma solução tão fofa... Só é pena não ter cadeiras (ainda não vou revelar onde é que as pessoas se vão sentar!)...

 

Estou a pensar comprar as pétalas para cobrir a relva no ebay (estas). O preço (mil pétalas por aproximadamente 4€) fica bastante em conta. O que acham?

 

Acompanhem-me também no Instagram aqui e no Facebook aqui e vejam as minhas ideias favoritas do Pinterest aqui.

 

Todas as imagens foram retiradas do Pinterest e estão devidamente direcionadas para os respetivos links. 

 

 

 

Desafio | Conta-me a tua história!

table-1558811_1920.jpg

 

Se tens uma história especial e corajosa que gostarias de partilhar com o mundo, esta é tua oportunidade!

 

O blog asteoriasdaelsa.com não é apenas um espaço sobre as minhas teorias, mas um local de partilha e inspiração. Vá... também tento que tenha um pouco de animação, humor e uma boa dose de bons momentos, mas este não é apenas o meu canto. É o vosso, de todos vocês... 

 

A missão é motivar as pessoas, as suas vidas e as suas experiências. 

Por isso, procuro histórias! Procuro a tua história ou a de alguém que conheças e que consideres um exemplo.

 

Estas são algumas das histórias inspiradoras que já podem encontrar neste blog:

 

O Alexandre Bento Freire deixou o emprego para conhecer o mundo. Vive atualmente em Taiwan e partilha alguns dos melhores momentos das suas aventuras connosco.

 

A Sara Frederico teve um AVC aos 13 anos. Hoje com 24 partilha connosco como tem sido viver com as consequências deste acidente vascular cerebral. Apesar de tudo, tem um sorriso fantástico e contagiante.

 

Aqui encontram uma partilha minha muito pessoal. Trata-se do retiro que fiz na busca e encontro com a felicidade. É o meu testemunho, a minha experiência e a forma como lidei com uma fase menos boa da minha vida.

 

A nossa história, os nossos erros, as nossas vivências e as coisas boas ou más pelas quais passamos podem servir de exemplo para outros.

 

Enviem-me as vossas sugestões para asteoriasdaelsa@gmail.com.

 

Tratarei das vossas histórias com o maior carinho do mundo!

 

 

Museus | Que tal é o MAAT?

IMG_20161226_151705.jpg

 

Muito se tem falado sobre o MAAT - Museu de Arte, Arquitetura e Tecnologia e eu tive de perceber o que raio é aquilo.

 

Na verdade não fiquei muito esclarecida localmente, apenas depois de ter lido um pouco mais sobre o assunto, mas que é uma atração muito interessante, lá isso é verdade.

 

IMG_20161226_151635.jpg

O simples facto de podermos percorrer aquele telhado fabuloso, ainda por cima com uma vista deslumbrante, já tem o seu mérito.

 

Ao pôr-do-sol a experiência ainda se torna mais fantástica. Mas como é aquele mamarracho por dentro?

 

Não é nada. O seu interior mantém o formato do exterior e a sua arquitetura é, de facto, muito curiosa, mas atualmente é um espaço praticamente vazio.

 

IMG_20161226_151942.jpg

 

Aliás, existe uma espécie de "prisão" na zona central, na galeria oval, com quase mil metros quadrados, onde as portas têm horário para abrir e fechar.

 

Trata-se do trabalho da prestigiada artista francesa Dominique Gozalez-Foerster, que tem o objetivo de proporcionar uma experiência lúdica intrigante em que os espetadores se tornam parte da obra de arte.

 

IMG_20161226_153046.jpg

IMG_20161226_153225.jpg

Depois tem alguns projetores com luzes e pouco mais. Atenção, isto na parte aberta gratuitamente ao público.

 

No entanto, confesso que com o que já vi, não tenho grande vontade de pagar bilhete para ver mais.

 

Agora, com certeza, que irei voltar a aproveitar aquele fabuloso terraço mais vezes. E se, por ventura, existir uma exposição que me chame a atenção, também não faltarei.

 

Mas isto sou eu, que percebo pouquinho destas matérias. Acredito que para um bom conhecedor esteja ali uma obra fantástica e que as futuras exposições possam ser maravilhosas.

IMG_20161226_152921.jpg

A ambição é grande e necessária para o nosso país: apresentar exposições nacionais e internacionais com o contributo de artistas, arquitetos e pensadores contemporâneos.

 

Estamos um patamar mais próximos de Madrid, que tem por exemplo, o fantástico Museu Nacional de Arte Reina Sofia, que aprecio bastante por ter coleções muitíssimo interessantes de arte moderna.

 

Não sei se o objetivo passa por o MAAT se tornar numa referência semelhante, mas no que respeita à arte contemporânea, se assim for ficarei muito contente.

 

Uma coisa é certa, não conheço mais nenhum museu na Europa que usufrua de uma localização como esta. A ver vamos! A estratégia de abrir ao público gratuitamente até Março deste ano, não foi má. E os turistas, têm ali mais um ponto obrigatório de passagem.

 

A arquitetura do edifício é, de facto, o grande chamariz.

 

IMG_20161226_152525.jpg

 

Já tiveram oportunidade de visitar? O que acharam?

 

Acompanhem-me também no Instagram aqui e no Facebook aqui.

Receitas: Maçã no microondas

16230289_1721200571504801_8495127093066072064_n.jp

 

Ontem fui a casa da minha mãe. Mimou-nos com uma bela sopinha e uma sobremesa maravilhosa. Como sabem adoro tudo o que seja rápido e prático e nisso, sou parecida com a minha mãe. Além de fazer uma sopa com a maior rapidez do mundo, ainda fez uma maçã no microondas incrivelmente deliciosa e simples. Também podemos dizer que é minimamente saudável (não fosse o mel, o que não deixa de ser uma opção).

Querem saber como?

 

Ingredientes:

- Uma Maçã reineta

- Uma colher de mel

- Canela em pó

 

Modo de preparação:

Retirar cuidadosamente o caroço à maçã. Manter a casca. Passar por água para lavar e colocar num prato de sobremesa que possa ir ao microondas. Cobrir com uma colher de mel. Levar ao microondas cerca de 2 minutos. Fiquem atentos para não ficar demasiado tempo e consequentemente perder totalmente a rigidez. Retirar e cobrir a gosto com canela. Está pronto a servir e espetacular. Ainda podem decorar com um pau de canela ao lado da maçã.

 

Espero que gostem! Eu adorei e na próxima vez que tiver convidados lá em casa já sei o que hei-de fazer e de forma super rápida!

 

Acompanhem-me também no Instagram aqui e no Facebook aqui.

 

 

 

O que estarias a fazer se não estivesses a ler este post?

IMG_20161226_160402.jpg

 

Então faz! Por favor malta, é domingo... Fim-de-semana... A maioria das pessoas não trabalha. Podemos finalmente ter tempo para tratar de nós, fazer as coisas com calma ou namorar.

Então, porquê perder tempo na Internet? Vá... já que começaram a ler podem continuar, mas não percam muito mais. Vivam! É tão bom sair para a rua e respirar ar puro.

Apanhar um pouco de frio? Certo! Mas não dizem que o que não nos mata nos torna mais fortes? Então vão lá enrijecer os ossos! Não digam que não sou vossa amiga...

Claro que gostava que continuassem a navegar pelo meu blog, mas prefiro muito mais saber que contribuí para vocês fazerem coisas muito mais úteis. Além disso, eu não vou fugir... Vou continuar aqui, no sítio do costume, para quando precisarem do mais mínimo incentivo que seja na conquista da felicidade. Divirtam-se que eu vou continuar na minha saga da entrega dos convites, como podem ler aqui.

Até já (ou amanhã de preferência)!

 

Acompanhem-me também no Instagram aqui e no Facebook aqui.

Convites de casamento: Quantos faltam entregar?

blue-1284240_960_720.jpg

 

E a saga da entrega dos convites de casamento continua... Quase que parece um relato de futebol na rádio, mas não é! Fazê-los já foi um desafio, mas entregá-los está a ser ainda mais. Porquê? Porque fazê-los só dependeu de nós... Entregá-los depende dos nossos maravilhosos convidados... E não só!

Já deu para perceberem que tanto eu como o meu noivo não somos pessoas completamente normais? Se ainda não tinham percebido, a verdade é essa. Existiam mil e uma maneiras de fazer as coisas, mas nós optámos sempre pela forma mais difícil... e até mais exigente para nós.

Até aí tudo bem, mas o que acontece é que estamos a preparar a festa mais inesquecível de sempre, e talvez a mais louca... Assim sendo, o nosso começo é dos mais atribulados: Queremos entregar pessoalmente e os dois juntos, o máximo de convites possíveis.

Qual é a meta? Até ao final do mês.

Há quanto tempo estamos a entregar convites? Desde o início do ano.

Quantas vezes por semana? Sobretudo ao fim-de-semana.

Já perceberam como somos loucos? Ainda não?! A juntar a isto, temos as nossas vidas, os nossos trabalhos, e eu em particular, o meu blog (que amo de paixão), projetos novos, família para dar atenção, vestidos de noiva para experimentar, instagram para atualizar, uma vida para endireitar... enfim... uma loucura.

 

Mas sabem porque é que vale a pena? Porque ver a reação da pessoa que recebe é equivalente à sensação de saltar de páraquedas. Eu explico: É como se te tirassem o chão porque são todas diferentes, marcantes e especiais.

Na verdade, acho que a maioria das pessoas não acreditava que eu fosse casar... E o convite vem confirmar que afinal vai ser verdade.

O carinho com que as pessoas nos estão a receber tem sido incrível e está a ser mesmo bom fazer isto desta forma. Acho que só assim faz sentido.

Infelizmente só tenho pena por existirem muitas pessoas que estão longe e, que provavelmente, só irão receber este nosso primeiro miminho pouco antes do festão.

Tenho mais pena ainda de não podermos convidar toda a gente que gostávamos. De qualquer forma, motivos não irão faltar para nos juntarmos com essas pessoas e continuarmos a fazer festões por apenas duas razões: Por tudo e por nada!

 

Desejem-me sorte, por favor! Afinal... ainda faltam quase 200 convites...

 

Acompanhem-me também no Instagram aqui e no Facebook aqui.

 

Claro que a imagem é meramente ilustrativa, só depois do casamento revelarei as nossas obras primas.

 

 

Podem rir-se quando passarem por mim?

15590123_1092065730892778_4475373290025859997_n.jp

 

Eu vou explicar uma coisa... apenas uma e, quase, mais nenhuma: Rir faz bem à alma! Sabiam? Então e agora perguntam-me: "Se faz tão bem, porque existem pessoas tão sisudas no mundo?" E eu respondo: "Porque querem! Existe mais alguma explicação?" Eu rio-me tanto que além da barriga me doer muitas vezes, vou ser uma velhota com muitas rugas. E daí?

 

Imaginem lá: Se andássemos todos felizes e contentes, o mundo seria perfeito. Isso não é uma seca? Tem sempre de existir um banconista, um patrão ou uma telefonista descontentes e consequentemente infelizes para conseguirem atormentar o dia dos outros. Assim, sempre temos alguma coisa para poder falar...

 

Se há coisa que me irrita profundamente é as pessoas se cruzarem sem um simples: "Bom dia!"... Claro que não estou a falar num cruzamento com alguém desconhecido, mas com pessoas que trabalham, moram ou estudam no mesmo sítio que nós. Que se cruzam várias vezes... até sabem algumas coisas sobre ti... e nada. Não dizem nada! Passam ao teu lado e simplesmente ignoram-te. Por favor, essas alminhas que se lembrem que falar às pessoas é bonito. Comunicar é bonito! Falar sobre o cãozinho é bonito! Virar o nariz para baixo ou para o lado é feio!

 

 

Contra mim falo, que às vezes também me armo em anti-social (culpa do telemóvel que passa o tempo todo, na rua, agarrado às minhas mãos e por consequência, os olhos também só descolam quando tenho de me desviar de um presente canino). Mas pior ainda do que não te falarem é passarem por ti com aquela cara de que morreu o periquito. Riam pessoas, por favor!

 

 

Se passarem por mim na rua e se rirem eu vou saber que leram isto e vou ficar super contente. Juro que vos pago um café [Se calhar é melhor prometer antes uma pastilha elástica... pelo menos não entro em grandes despesas (tenho um mega casamento este ano, lembram-se?)].

 

 

Ah... Aposto que ninguém vai passar por mim e rir... ninguém vai ler isto! Se calhar é melhor prometer um jantar no Eleven (maltinha, é um restaurante €€€€€€)... E se eu oferecesse uma viagem ao Brasil? Andava tudo para aí a "partir o coco a rir" à minha frente... Gostava tanto!

 

 

Garanto que se tivesse dinheiro, pelo menos, uma vez por semana andava por aí a distribuir notinhas em troco de uma gargalhada... Se isso vos fizesse rir eu também ficava feliz! Vá... e se passassem a dizer "Bom dia!" às pessoas, mesmo sem as conhecer, eu ainda ficava mais contente...

 

Malta, recordo: "Só vivemos uma vez, ok?" Podemos tentar viver um pouquinho mais em comunidade e para a comunidade?

 

 

E vá lá... Pelo menos agora, mostrem só um pouco o dentinho e façam de conta que eu estou a ver! :D

 

Acompanhem-me também no Instagram aqui e no Facebook aqui.

 

 

Se eu fosse aos saldos comprava...

Tanta coisa! Tenho tido muito pouco tempo para me aproximar das compras e essa, por um lado, tem sido a minha sorte! Tinha tantas coisinhas debaixo de olho, que se conseguisse aproveitar os saldos gastava uma pipa de massa. Cada vez há mais roupa, sapatos ou acessórios maravilhosos e resistir-lhes é uma verdadeira prova de fogo...

 

É ou não é? Já viram estas coisinhas lindas?

 

Sem Título-1.jpg

 

Aqui fica a sugestão de um look que poderia perfeitamente ser comprado em saldos e até fica a opção com salto ou com botinha meio rasa.

 

SOBRETUDO DE PÊLO DE CORTE RETO COM BOTÕES 120

Salsa

127.20€ - 159€

 

Adoro este casaco... Os saldos ainda não tinham começado e eu já andava louca a olhar para a montra da Salsa... E agora custa menos 30€... Que perdição!

 

10012038E2030_FR_2_10.jpg

Tiffosi

49.99€ - 59.99€

 

Gosto muito do pormenor destas calças da Tiffosi que misturam a ganga com esta espécie de cabedal.

 

3601001001_2_4_1.jpg

Stradivarius

9.99€ - 19.95€

 

Sou fã incondicional de malas pequenas, mas confesso que este modelo (médio para mim e provavelmente pequeno para vocês) da Stradivarius, me convence. É simples, prática e muito gira.

 

7230101092_2_12_1.jpg

Zara

15.99€ - 25.95€

 

Adoro o modelo deste sapato e já há algum tempo que quero muito ter um assim com brilho. Este, da Zara, fascinou-me particularmente.

 

hmprod.jpg

H&M

11.99€ - 29.99€

 

É um botim da H&M muito simples e que resulta maravilhosamente com todo o tipo de roupa, incluindo o fantástico sobretudo de pêlo fofinho que escolhi para esta combinação.

 

123156-0.jpg

Unofficial (Multiopticas)

59€ - 41.30€

 

Cada vez estou mais apaixonada por este tipo de modelo bicudo nas pontas, e este da Unofficial (vendido na Multiopticas) é lindíssimo. Gosto sobretudo do pormenor à "trigresa".

 

 

O que acham da minha sugestão? O que é que gostam mais?

 

 

Acompanhem-me também no Instagram aqui e no Facebook aqui.

 

Todas as imagens foram retiradas dos sites online das respetivas marcas e estão devidamente direcionadas para os seus links na descrição e clicando sobre elas.

 

 

Acompanhamento nutricional... Sim ou não?

Ter uma alimentação saudável é tão, mas tão fácil... Não é nada! Aliás, não é assim tão difícil se apenas depender de nós. Agora, quando existem almoços e jantares extravagantes pelo meio... aí é que estamos tramados. Eu tenho a sorte de gostar muito de comida saudável. Não sou daquelas pessoas que não sobrevive sem sobremesa, detesto fritos ou refrigerantes, mas claro... se as opções forem essas tenho de me render. Também não vou recusar um convite para uma almoçarada. Para mim ser feliz também implica grandes convívios e acho que são muito importantes! Já para não falar que na maioria dos encontros há sempre um copito de vinho... ou muitos. Eu até nem gosto nada vinho... (Gosto muito e o português... Upa, upa! Que maravilha!) Durante a semana sou super rigorosa, ao fim-de-semana estrago tudo. Também acontece convosco?

Estou atualmente a ser acompanhada por uma nutricionista, em Lisboa, espetacular diga-se de passagem (posso dizer-vos qual, enviem-me mensagem [15€/consulta]) e já chegámos à conclusão que o fim-de-semana tem de ser mais regrado. Terei de levar marmita para os próximos convívios? Se tiver mesmo de ser, assim será! Ou é ou não é!

Hoje deu-me uma dica fabulosa: Registar com uma bolinha as extravagâncias cometidas - como doces, refrigerantes, fritos ou fast food - todos os dias. Só posso registar uma bolinha, no máximo duas, numa semana (incluindo fins-de-semana), se não conseguir significa que me portei mal.

Toda a gente conhece pelo menos uma regra de alimentação saudável, mas saberemos de facto como colocá-las em prática? Em alguns casos sim, mas para quem tem mais dificuldades, como acontece comigo, o ideal é estabelecer um compromisso com alguém. Eu tenho um compromisso com a minha nutricionista e quero muito alcançar os objetivos a que me propus. Quando sei que estou a falhar lembro-me sempre dela e já a imagino a dizer: "Ai, ai, ai, ai, ai." Vale muito a pena termos este compromisso com alguém. O verão, que no meu caso é o mais dramático, já se foi. As festas são em menor quantidade, por isso, vamos lá cumprir a meta!

Sou muito feliz como sou, mas gostava de ser ainda mais... por isso, acima de tudo só depende de mim.

 

Já conhecem o blog do Programa Nacional de Promoção da Alimentação Saudável da Direção-Geral de Saúde? É bastante útil para aumentar o nosso conhecimento sobre Alimentação Saudável. Visitem-no aqui!

 

novaRODADOSALIMENTOS.jpg

 

Acompanhem-me também no Instagram aqui e no Facebook aqui ou enviem-me um e-mail para asteoriasdaelsa@gmail.com

Pág. 1/3