Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

As Teorias da Elsa

Um blog que pretende motivar, inspirar, informar e dar a conhecer sítios e lugares surpreendentes.

As Teorias da Elsa

Um blog que pretende motivar, inspirar, informar e dar a conhecer sítios e lugares surpreendentes.

Porque vou ao ginásio à hora de almoço?

15027955_1057368427695842_7172458742872810172_n.jp

 

Primeiro porque tenho um emprego bastante sedentário. Levanto-me para ir trabalhar, sento-me o dia todo e vou à minha vida. Essa também é uma das razões pelas quais ando de transportes públicos, como podem ler aqui. Sempre me consigo mexer mais um pouquinho, sobretudo quando o autocarro está quase a partir... Passo muito tempo fora de casa. Sair do trabalho e ter o compromisso de ir ao ginásio ou correr ao ar livre é uma tortura. Tenho a hora de almoço razoavelmente alargada, por isso, esta é mesmo a minha parte do dia favorita para pôr o corpo a mexer. Normalmente vou todos os dias e faço aulas ou faço exercícios na sala de 30 a 45 minutos. Não vou dizer que é tempo suficiente, porque o ideal seria um pouquito mais, mas interfere tão pouco com a minha vida, torna-me tão mais feliz e sinto-me tão mais melhor e saudável, que é perfeito. No final do dia sinto o corpo mais cansado e em sintonia com a minha mente. Durmo muito melhor! Vou tentando intercalar entre aulas e sala (faço aproximadamente 20 minutos de cardio, 10 de musculação e 10 de abdominais). É excelente!

 

O que como? Normalmente preparo as refeições de véspera. Opto por conjugações leves ou uma sopa consistente. A minha alimentação diária foi aconselhada pela minha nutricionista (podem ler aqui). Como mais vezes por dia e nunca tenho fome! 

 

Acompanhem-me também no Instagram aqui e no Facebook aqui.

Óbidos Vila Natal

14590409_1464371450256728_6269992957444644985_n.jp

 

 

Arranca a 30 de novembro mais uma edição da Vila Natal. Óbidos transforma-se e dá lugar a toda a magia inerente à época natalícia. Num ambiente que reúne crianças e adultos, ambos dão largas à imaginação perante todas as personagens encantadas.

 

 

Eu já fui noutros anos e recomendo vivamente. Conheço poucas Vilas de Natal, em Portugal, que se transformem desta forma. Aliás, Óbidos é também conhecida por outros eventos temáticos, conheço-os praticamente todos e são fantásticos.

As crianças adoram a magia que esta vila proporciona e é uma excelente forma de conhecerem o natal com um outro encanto. Este ano a temática será sobre as mais conhecidas histórias infantis. Além disso, há pista e rampa de gelo, arvorismo, carrossel, espetáculos em dois palcos distintos, slide, pinturas faciais, comboio de Natal, jogos, muita animação e um fantástico Pai Natal.

 

Programa dos espetáculos:

15241880_1521572894536583_1217962969261185247_n.jp

Os preços podem sofrer variações conforme a idade e os descontos em vigor. Têm toda a informação aqui.

 

Para quem quiser estender a ida à Vila Natal a uma estadia em família ou romântica, sugiro estes pacotes Odisseias. Todos incluem entradas para o evento e ainda condições fantásticas. Eu sou fã deste género de compras on-line e vocês? Experimentem!

 

Acompanhem-me também no Instagram aqui e no Facebook aqui.

Se tens dúvidas é porque tens mais certezas do que pensas!

Duvidas vs certezas 04.jpg

 

Este post é dedicado a todas as pessoas que têm dúvidas!

 

Se as têm, por alguma razão é! As dúvidas não surgem apenas porque somos pessoas cheias de incertezas, mas porque não estamos bem com algo ou alguém.

 

É importante esclarecer que a vida é simples. Complicarmos coisas simples é uma realidade. Se temos dúvidas em relação a uma pessoa é porque as devemos ter e sobretudo esclarecer.

 

Dúvidas sobre um passo que temos de dar? Coloquem os prós e os contras. Não há nada pior do que estar preso a uma ideia, a uma pessoa, a um sentimento... a compaixão, as vivências e o trabalho que dá tomar uma decisão é sempre algo que pode atrapalhar ou deturpar aquilo que realmente queremos.

 

Foquem-se no que não querem. Nos caminhos que não pretendem seguir. No que não gostam.

 

Se o fizerem, pelo menos metade das dúvidas desaparecerão. Às vezes, a melhor forma de dar passos importantes e conscientes é pensar pouco sobre o assunto. Simplesmente ir.

 

O arrependimento do que não fazemos é na grande maioria maior do que o arrependimento pelas decisões que tomamos.

 

Sim, dizer que os passos conscientes podem ser dados pensando pouco sobre o assunto, pode ser contraditório, mas na verdade o que importa é o resultado final.

 

A última vez que pensei demasiado sobre o que devia ou não fazer demorei anos até tomar uma decisão.

 

No mínimo, isso será o menor dos vossos problemas quando deixam arrastar uma dúvida. O tempo, sim, será um problema. O tempo não é precioso para vocês? Para mim é e bastante, por isso, não arrastem dúvidas para as quais já têm certezas.

 

Ser feliz deve ser a maior da prioridade da vossa vida e essa felicidade apenas está nas vossas mãos.

 

Se pensam que não podem ser felizes em prol de alguém ou que abdicam da vossa felicidade para manter alguém mais feliz pensem: "Será que a pessoa que eu quero ver feliz consegue sê-lo realmente desta forma?"

 

Não vamos camuflar a felicidade. Ela merece existir na íntegra e sem obstáculos!

 

Acompanhem-me também no Instagram aqui e no Facebook aqui.

 

Coimbra: Cada vez mais linda

IMG_20161020_171813.jpg

 

Há uns tempos fui à cidade dos estudantes e adorei. Para não variar, não foi muito o tempo que estive por aquelas bandas, mas deu para ficar bem fascinada.

 

IMG_20161020_170546.jpg

IMG_20161020_170646.jpg

IMG_20161020_161115.jpg

 

O rio Mondego é um encanto. Transmite calma em cada corrente. A vista de uma margem para a outra é encantadora. E a revitalização que fizeram na cidade melhorou, e muito, o encanto da mesma. Considero que explorá-la, seja de noite ou de dia, é uma excelente opção para uma escapadinha de fim de semana, por exemplo.

 

IMG_20161020_163752.jpg

IMG_20161020_161558.jpg

 

Depois o universo estudantil está realmente presente em toda a cidade e acaba por ser uma lufada de ar fresco em cada recanto.

 

IMG_20161020_163904.jpg

IMG_20161020_162603.jpg

IMG_20161020_162501.jpg

IMG_20161020_162402.jpg

 

O contraste entre a arquitetura e a história é espetacular. Uma cidade de ruas estreitas, pátios, escadinhas e arcos medievais. Sabiam que em Coimbra nasceram seis reis de Portugal da primeira dinastia? Também a primeira universidade do país e uma das mais antigas da Europa se situa nesta cidade.

 

 

IMG_20161020_160824.jpg

IMG_20161020_162017.jpg

 

Também o fado tem uma grande importância histórica na cidade. Surgiu por entre os grupos de estudantes, que ao mudarem-se para aqui levaram consigo as suas belas guitarras portuguesas. O fado é maioritariamente cantado por homens e implica rigor nas vestes. Cantam de dia ou de noite nas praças e ruas da cidade, o palco que privilegiam.

 

IMG_20161020_164340.jpg

IMG_20161020_164320.jpg

IMG_20161020_164307.jpg

 

No entanto, existe um espaço que chama à atenção, bem no coração da cidade, o Centro Cultural Fado ao Centro. É uma casa de fado que apresenta todos os dias do ano, sem exceção, um espetáculo de Fado de Coimbra, ao vivo, às 18h. O jornal inglês "The Guardian" classificou este espaço como um dos 15 locais de visita obrigatória em Portugal. Só tive pena de não ter assistido a um destes espetáculos. Ficará com certeza para uma próxima.

 

IMG_20161020_164130.jpg

IMG_20161020_163129.jpg

 

Obrigatória foi a passagem por uma tasquinha típica e provar um Traçadinho (que neste caso foi vinho com gasosa).

 

IMG_20161020_162214.jpg

IMG_20161020_162104.jpg

IMG_20161020_161922.jpg

 

Algo que mais uma vez me impressionou, tal como em Lisboa ou no Porto, foi a quantidade de turistas que encontrei. Junto à Porta de Barbacã - uma das partes da muralha da cidade-, dezenas de turistas quase me "atropelaram". É tão bom ver que cada vez mais Portugal, no seu todo, tem grande interesse turístico.

 

IMG_20161020_164736.jpg

 

Depois, e como já tinha notado no Porto, senti que existe cada vez mais interesse em fazer melhor e diferente, sobretudo no que diz respeito ao comércio local. Encontrei vários espaços fenomenais e diferentes, como é o caso da Galeria Santa Clara, que podem conhecer aqui.

 

IMG_20161020_204714.jpg

 

Acompanhem-me também no Instagram aqui e no Facebook aqui.

Casamento | Definição De Amor

IMG_20161119_150345.jpg

É um sentimento que conheço bem atualmente.

 

Se não conhecesse jamais aceitaria casar, como podem ler aqui.

 

Houve uma altura em que achava que talvez não tivesse direito a ser feliz no campo amoroso, achava que se calhar não existiam mesmo relações perfeitas ou achava que os homens eram todos iguais.

 

Felizmente a vida surpreendeu-me pela positiva, ensinou-me da melhor forma que as relações perfeitas existem e que os homens não são todos iguais. 

 

Tenho sorte, muita sorte, por ter encontrado o homem que nunca me atrevi a desejar porque achava que não existia... Alguém que além de muitas qualidades, me ama e respeita todos os dias como ninguém.

 

O que é o amor em três pontos?

- Primeiro é um sentimento gigante que às vezes nem cabe dentro dentro de nós.

- Segundo é a ansiedade de estar com aquela pessoa a toda a hora.

- Terceiro é a vontade de envelhecer (porque tem mesmo de ser) ao lado daquela pessoa.

 

path-2041414_1920.jpg

 

Mas existem muitas outras razões... Recordar a pessoa que se ama... o seu calor, cheiro e sorriso inspira-nos a cada instante.

 

Conseguimos - eu consigo - pensar numa família ao seu lado. Tudo parece tão fácil e simples... Somos duas cabeças a pensar nas soluções, a caminhar na mesma direção, a amar intensamente...

 

Amar e ser amado é uma dádiva dos céus. Eu só posso agradecer eternamente ser prendada com o amor.

 

Acompanhem-me também no Instagram aqui e no Facebook aqui.

Paris: Da Torre Eiffel com amor

Esta já não é a primeira vez que me sinto completamente rendida a esta cidade maravilhosa. Uma capital onde se vislumbra glamour e elegância em cada esquina. Os voos estão cada vez mais baratos a partir de Portugal e num fim-de-semana consegue-se visitar facilmente alguns dos principais pontos turísticos. É possível ser muito feliz em Paris, não apenas para quem vai acompanhado pela sua cara metade, mas também para quem se faz acompanhar por si próprio. A cidade inspira por si só momentos inesquecíveis pelo rodopio de pessoas, lojas elegantes e monumentos impressionantes. Desta vez estive em Paris de passagem e apenas consegui fazer uma breve visita à Torre Eiffel.

O acesso de metro é facílimo a partir de qualquer zona de Paris e a melhor forma de se atravessar a cidade. Aconselho a saída de metro TROCADÉRO na linha 6 verde. A partir daqui têm uma vista extraordinária para a torre e, por norma, é o melhor sítio para tirarem fotografias. O acesso à torre pode ser feito de duas formas: a pé ou de elevador. As tarifas também dependem dessa escolha. Se vale a pena subir? Sem dúvida! As filas são imensas, mas a recompensa de poder ver a partir daqui esta cidade extraordinária é enorme. A última vez que subi optei pelas escadas. A fila era mais reduzida, o valor mais económico e é um percurso que se faz com facilidade. Existem sites onde se pode comprar um bilhete "skip the line" (para evitar a fila) ou também disponível nos postos de turismo.

Existem muitas razões para visitar Paris. Uma cidade extremamente romântica e o local ideal para, quem sabe até, um pedido emocionante de casamento. São inúmeros também os noivos que escolhem este local para fazer uma bela sessão fotográfica. Nunca podemos excluir hipóteses e essa é muito interessante...

 

IMG_20161001_083901.jpg

 A partir do Trocadéro.

IMG_20161001_083343.jpg

A partir do Trocadéro.

IMG_20161001_083232.jpg

A partir do Trocadéro.

IMG_20161001_081135.jpg

Nos jardins da Torre Eiffel.

11221342_10206294946666125_8569437444648940673_n.j

A vista da Torre Eiffel para o Trocadéro (segundo piso).

11880658_10206294982907031_6809627360843760953_n.j

Espetáculo de luzes na Torre Eiffel à noite.

 

Acompanhem-me também no Instagram aqui e no Facebook aqui.

Perdi o autocarro, mas ganhei energia para três dias

IMG_20161125_100300.jpg

 

Pensava que o dia estava perdido, que ia chegar atrasada e morrer de frio enquanto esperava o próximo bendito. Só que não! Apanhei outro que fazia metade do percurso e daí fui a pé. Consegui antecipar-me tanto que ainda dei um pequeno passeio. Apreciei o reflexo do sol nas poças de água, senti o cheiro inebriante das árvores húmidas e das flores pingadas, recordei bons velhos tempos de adolescência quando este lago foi inaugurado, olhei para as várias formas das nuvens... só faltou rebolar na relva e rir até me doer a barriga, mas tive de abandonar este belo e único momento de prazer matinal para ir trabalhar. Soube tão bem perder o autocarro... Acho que podia perdê-lo todos os dias em prol destes momentos.

 

IMG_20161125_095859.jpg

IMG_20161125_100041.jpg

 

IMG_20161125_100506.jpg

 

Com isto me despeço e desejo um energético bom dia!

 

P.S.: Ganhei anos de vida desde que comecei a deixar o carro em casa. Leiam aqui algumas das razões porque ando de transportes.

 

Acompanhem-me também no Instagram aqui e no Facebook aqui.

Entrevistas: Como sorrir depois de um AVC aos 13 anos

Hoje vou contar-vos a história da Sara Frederico. Tem agora 24 anos, mas uma grande vivência que partilhou comigo - e desde já o meu muito obrigada, por me deixar partilhar convosco. Conheci-a num acaso da vida, mas desde logo percebi que era especial e um exemplo de coragem. Tem um sorriso lindo e uma felicidade contagiante que muito admiro. A pessoa certa para fazer parte deste blog!

 

13221552_1723615871213458_3966830167609282888_n.jp

 

O que é que te aconteceu?

Tive um AVC (Acidente Vascular Cerebral) no dia 22 de Dezembro de 2005.

 

Que idade tinhas?

Tinha 13 anos. Era apenas uma criança.

 

Não percebia o porquê de com apenas 13 anos estar num hospital 

 

Como lidaste com o que te estava a acontecer?

Foi muito difícil lidar com a situação. Passei por várias fases... Primeiro a de revolta, não percebia o porquê de com apenas 13 anos estar num hospital, numa cama, com soro, uma fralda e o cabelo rapado. Era altura de Natal e não podia estar em casa, não podia brincar, nem sequer levantar-me da cama do hospital. Depois a fase de perceber o que se estava a passar, mas ainda assim não perceber o porquê de estar numa cadeira de rodas, o porquê de tudo, se até então era tão saudável, nunca tinha ido ao hospital. Por fim, a fase de aceitação. Aceitei que aconteceu porque tinha de acontecer e que tinha de seguir em frente e lutar.

 

Quando é que percebeste que o que aconteceu estava a mudar a tua vida para sempre?

Percebi quando me deparei com uma cadeira de rodas, com o cabelo rapado e sem conseguir mexer o braço e a mão. Ai sim, percebi que tinha uma batalha longa e dura pela frente.

 

14568934_1780151228893255_718648607_n.jpg

 

Que justificação te deram os médicos para teres um AVC tão nova?

A justificação foi simples e compreensível: tinha uma veia mal formada de nascença. Quando nasci a medicina não estava evoluída para que fosse detetado num simples exame, esses exames são caros.

 

Ainda hoje estou em fase de recuperação, mas não vou desistir nunca.

 

Como foi a recuperação?

Inicialmente a recuperação foi difícil pois fiquei com paralisia facial e nos membros superior e inferior esquerdos. Para a recuperação da paralisia facial foi necessário técnicas que usamos no dia-a-dia e que nem damos conta do quanto são importantes, como a técnica do beijinho (tinha de mandar um beijinho); a técnica do sorrir e olhar para um espelho para me ajudar a melhorar; mastigar pastilhas elásticas diariamente também foi algo que me ajudou imenso. Em relação à recuperação do membro inferior esquerdo (a perna), comecei a largar a cadeira de rodas e a andar - ainda me lembro como se fosse agora do que me disseram: “a partir de hoje faz de conta que és um bebé e vais aprender a andar”, e assim foi. Como era uma criança quis andar o mais rápido possível, daí não o ter aperfeiçoado, mas hoje ando, pode não ser um andar perfeito, mas ando e orgulho-me de conseguir andar. A recuperação da mão e do braço foi, e é, muito mais difícil pois foram os membros mais afetados e que são sempre de lenta recuperação. Passaram-se 11 anos e pouco recuperei do braço, mas o que recuperei faz-me olhar para trás e ter orgulho. Dizer "não consegui tudo, mas já consegui um bocado". Ainda hoje estou em fase de recuperação, mas não vou desistir nunca. O meu maior sonho é poder ir a CUBA (porque lá a medicina é mais avançada) e dar o máximo de mim como tenho feito até hoje.

  

O que foi mais importante na tua recuperação?

Sem dúvida voltar a andar.

 

Que tratamentos fizeste?

Os tratamentos que fiz na altura foi a fisioterapia - que hoje continuo a fazer -, a terapia ocupacional que me ajudou muito a nível cognitivo e também tive terapia da fala para me ajudar na paralisia facial.

 

Conseguiste recuperar totalmente?

Não, mas vou conseguir sei que sim.

 

14542696_1780151155559929_608232621_n.jpg

 

O que aprendeste com esta vivência?

Que ninguém está livre e que o meu caso não é nada comparado com o de muita gente que conheci e vou conhecendo neste percurso. Conheci excelentes pessoas e outras com problemas mais graves.

 

Que conselhos podes dar a pessoas que possam estar a passar pelo mesmo que tu?

Nunca desistam, nem se deixem inferiorizar em relação a nada nem ninguém. Não somos menos nem mais que ninguém.

 

Sou muito mais forte do que alguma vez pensei vir a ser.

 

Deixaste de ter capacidade para fazer algumas coisas ou ainda te tornaste numa mulher mais forte?

Deixei de ter capacidade para tudo, mas hoje uso técnicas que aprendi com profissionais, e outras sozinha, que me tornaram 100% independente. Sou muito mais forte do que alguma vez pensei vir a ser.

 

14528342_1779332855641759_9046001_n.jpg

 

 Acompanhem-me também no Instagram aqui e no Facebook aqui.

Os improváveis/ Prémios Meios & Publicidade

15135960_1063437123755639_1915682864668009820_n.jp

 

Ontem assisti à gala dos Prémios Meios & Publicidade. A apresentação esteve a cargo do trio Os Improváveis e foi uma agradável surpresa. Já tinha ouvido falar muito, e bem, deste grupo português profissional de teatro de improviso, no entanto, ainda não tinha tido oportunidade de os ver ao vivo. A forma como improvisam em palco é muito interessante. Absorvem informações do público presente e transformam-nas exageradamente numa história. A sinergia entre os três em palco é fantástica e, pelos vistos, nada é combinado. A sua formação em teatro de improviso foi complementada em Chicago e utilizam técnicas muito curiosas. Fiquei muito tentada em vê-los noutro contexto e acredito que me vão surpreender ainda mais.

 

 

A sorte é que Os Improváveis ainda vão estar em cena na próxima quarta-feira 30 de novembro no Auditório dos Oceanos, no Casino Lisboa.

 

premios-MP-300x215.jpg

 

Quanto à 14º edição dos Prémios Meios & Publicidade aqui está a lista de vencedores nas mais diversas áreas:

 

Empresa de publicidade out-of-home: MOP
Agência de Design: Ivity Brand Corp.
Agência de Comunicação: Lift Consulting
Agência de Eventos e Activação: Niu
Produtora de Som: Índigo
Produtora de Imagem: Garage
Agência de Meios: MEC
Agência Criativa: O Escritório
Título de Automóveis: Top Gear
Título Desportivo: Record
Título de Televisão: TV Guia
Título de Sociedade: Caras
Título Feminino: Vogue
Newsmagazine: Sábado
Título de Informação Económica: Jornal de Negócios
Título de Informação Geral: Expresso
Rádio: Rádio Comercial
Canal de Desporto/Entretenimento: Fox
Canal de Informação: SIC Notícias
Produtora de Televisão: Plural
Canal Generalista: RTP1
Marca do Ano: Uber
Prémio de Mérito: Cândido Rodam
Prémio Carreira: Ricardo Monteiro
Personalidade de Marketing: Miguel Salema Garção
Personalidade de Publicidade: Judite Mota
Personalidade de Media: Ricardo Costa

 

Os meus parabéns!

 

Acompanhem-me também no Instagram aqui e no Facebook aqui.

Boas razões para enfrentar o frio

IMG_20161122_223428.jpg

 

Eu sei que com este frio não apetece sair debaixo das mantas, mas vá, coragem! Nem o frio nos pode impedir de ter um grande dia e enfrentá-lo com a melhor disposição do mundo. Afinal, todos os dias são diferentes e este será com certeza melhor do que ontem... basta acreditarem. Um belo sorriso no rosto também pode ajudar bastante!

 

IMG_20161122_091237.jpg

 

Um pequeno almoço saudável e energético também é meio caminho andado para a coisa correr bem! Força e tenham um excelente dia!

 

Acompanhem-me também no Instagram aqui e no Facebook aqui.



Pág. 1/4