Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

As Teorias da Elsa

Um blog que pretende motivar, inspirar, informar e dar a conhecer sítios e lugares surpreendentes.

As Teorias da Elsa

Um blog que pretende motivar, inspirar, informar e dar a conhecer sítios e lugares surpreendentes.

Apeteceu-me encher o mundo de cor

Como gosto de usar roupas coloridas e nada discretas. Gosto porque o mundo tem cor, porque os padrões e os tons fortes também ajudam a tornar a vida mais alegre. Atenção, não quero ser nenhuma palhaça e adoro tendências, mas também sou fã de fugir ao normal e ao supostamente certo. Amanhã experimentem uma vestimenta colorida e digam-me como se sentiram.

 

IMG_20160928_184527.jpg

 

IMG_20160928_192807.jpg

 

 

 

Rio de Janeiro: Além de maravilhosa é uma cidade inesquecível!

Um dia têm de conhecer. Toda a gente devia ir ao Rio de Janeiro pelo menos uma vez na vida. Esta é a vista da praia de Ipanema para o Morro Dois Irmãos. A beleza paisagística desta cidade é enorme. Talvez tenha sido a cidade mais maravilhosa que conheci até hoje e as pessoas não são exceção. É uma pena o clima de insegurança que se vive atualmente neste tão belo país. Conheço muita gente que se mudou ou regressou para Portugal, para trás deixaram a imensa saudade do clima, das praias espetaculares e das pessoas. Apenas estive no Rio uma semana, mas foi suficiente para ter imensa vontade de regressar. Destaco que uma das panorâmicas mais espetaculares, para mim, foi do Pão de Açúcar. A subida de teleférico vai revelando morro a morro, uma cidade surpreendente. Lembro-me como se fosse agora a forma como o meu coração bateu naquela subida. Quando cheguei no último morro, recordo-me de ter pensado com uma lágrima no canto do olho: "Sinto-me completamente concretizada!". É tão bom sentir algo assim... sentires-te tão satisfeita ao ponto de acreditares que alcançaste o ex-líbris da felicidade. Já a subida ao Corcovado foi diferente. Fomos de carrinha praticamente até à entrada e depois o resto a pé. É incrível a quantidade de pessoas que se aglomeram em busca da fotografia perfeita com os braços abertos. A vista é lindíssima apesar de ser um ponto tão alto que tudo parece estar demasiado longe e indefinido. Não consegui conhecer muito mais além disto. Fica no entanto a promessa que um dia revelo uma partezinha do trabalho que lá fui fazer. Vivi um verdadeiro conto de fadas nesta viagem. Algo que jamais irei esquecer... Mas também não precisas de atravessar o Atlântico para viveres contos de fadas... precisas apenas de estar disponível para viveres momentos do caraças, mesmo que seja do outro lado do Tejo ou do Douro.

 

IMG_0626.JPG

Vista da praia de Ipanema para o Morro Dois Irmãos.

 

tPZeACsIceCCzGOxZOwYRa6wkhN963q8o5z4MlEXwNQ=.jpg

Vista para o último morro do Pão de Açúcar.

 

IMG_1081.jpg

 Cristo Rendentor - Tem trinta metros de altura, sem contar com os oito metros do pedestal e os seus braços esticados têm 28 metros de largura.

 

JY5_fEdAzx2eTMwCORFKBPhHBPwqWg6NJbvbgtDHo4M=.jpg

 

Vista do último morro do Pão de Açúcar

Cusquice: Até Albert Einstein já pisou este morro (também deve ter adorado de certeza!).

 

 

Não quero ser uma adulta aborrecida!

Se rir faz rugas... façam coleção, por favor. Qual é o problema? São apenas umas rugazitas que podem significar uma vida cheia de sorrisos. Chorar faz mais rugas de certeza, a não ser que seja aquele choro fofinho de felicidade. Nunca quis ser adulta e nunca hei-de ser. Atenção, também não sou criança ou tão pouco adolescente. Sou apenas eu própria... Diferente do adulto convencional. Se me apetecer subir numa árvore, andar de baloiço ou falar com um estranho, eu faço-o. Se me apetecer cantar no meio da rua, correr ou saltar, eu faço-o. Se me apetecer comportar como uma empresária, uma jurista ou uma comercial, eu comporto. Adapto-me às circunstâncias sem nunca esquecer que eu sou a Elsa. Acredito vivamente que não existe ninguém como nós, por isso não tentemos imitar os outros ou fazer o que quer que seja em função deste ou daquele. Ficava tão feliz que depois de leres este post fizesses algo diferente do teu eu... Ainda que seja uma fotografia... e vá lá, partilha connosco!

Snapchat-2862642057795619692.jpg

 

Depois da tempestade vem a bonança

Não foi um dia nada fácil... não pensem que choveu apenas para os meus lados, não foi o caso. Infelizmente nem sempre temos a possibilidade de acordar com mimos e descansados da vida. Acordaram-me tempestivamente, mas podia ter sido pior. Só piorou mesmo devido a uma gigante dor de cabeça. Não, não foi um início de dia fácil... mas felizmente este bocadinho em frente ao mar fez com que recuperasse toda a energia que precisava para me erguer e seguir em frente. Nunca, mas nunca chegues ao final de um dia vencido pelos obstáculos. Sim, eles existem, mas também existem outras coisas que te fazem bem e que te podem fazer levantar. Foca-te nelas. Concentra-te em resolver os problemas e pensa que amanhã é um dia novo, mas só o será verdadeiramente se o dia de hoje ficar totalmente resolvido.

IMG_20160924_195642.jpg

A sessão fotográfica...

Partilho convosco algumas fotografias de uma sessão fotográfica que realizei com a fotógrafa Catarina Fernandes. Esta minha partilha é sobretudo para dizer que já fiz outras sessões, mas que nunca encontrei ninguém como a Catarina. Ela não só tem noções muito claras e objetivas de fotografia, como te explica de que forma te deves posicionar. Explora o teu lado emotivo e os teus limites para obter um retrato que nem tu sabes que tens capacidade para o fazer. Esta experiência não foi apenas uma mera sessão fotográfica, mas sim o reencontro comigo mesma. O currículo aliado ao profissionalismo dá-lhe uma bagagem como poucos. Anseio pelo resultado, mas sei que será uma ótima surpresa que com certeza irei partilhar convosco.

A Catarina Fernandes não só faz retratos com uma elegência fenomenal como sessões fotográficas de moda em estúdio, desfiles e exteriores. Também faz trabalhos em cerimónias como batizados e casamentos, onde se incluem despedidas de solteiros. Faz o acompanhamento fotográfico de eventos em congressos, empresas, universidades, turismo, aniversários e entregas de prémios.

 

Experimentem e partilhem a vossa opinião!

 

IMG_20160921_231435.jpg

IMG_20160921_232721.jpg

IMG_20160921_232952.jpg

IMG_20160921_233107.jpg

IMG_20160921_234543.jpg

 

Gira em meu redor sol...

Agora que o verão se foi só me resta pedir ao sol para me continuar a encher de dias felizes. Se há alguma coisa que te faz bem e feliz explora-a, aproveita-a!

IMG_20160922_193810.jpg

Rendo-me à ZUMBA

A moda já não é recente, mas confesso que nunca tinha tido realmente vontade de experimentar. A semana passada sugiu a oportunidade de ir mais cedo ao ginásio e lá fiz uma aulinha. Na verdade, eu não fiz apenas uma aula, diverti-me e suei como não me lembro de alguma vez o ter feito. Que arrependida que estou por não ter experimentado esta maravilha mais cedo... Odeio ser mais uma das que vai atrás desta ou daquela moda... Mas há modas que valem a pena acompanhar. O Zumba é uma delas. As músicas são animadas e tive a sorte de ter uma excelente instrutora. Não consigo evitar um sorriso de orelha a orelha enquanto perco peso. Fantástico! O mais engraçado é que existem melodias para vários gostos acompanhadas por movimentos distintos, rápidos e lentos. Podemos dançar ao ritmo salsa, merengue, flamenco, ChaChaCha, reggaeton, samba, hip hop, axé music, tango, entre outros, calculo eu. Dizem que podemos gastar entre 500 a 800 calorias (uma boa média). Se eu recomendo?! Vivamente! Experimentem e sejam felizes...

 

zumba-logo.jpg

 

 

Ainda não estou preparada para abandonar o verão!

Se há coisa que me custa todos os anos, sem exceção, é ter de dizer adeus aos dias de calor, despedir-me da praia, das festas, dos dias mais longos... Parece que o verão suscita boa disposição, ânimo e até maior entendimento entre as pessoas... Bom, mas muita sorte já nós temos pelo fantástico clima, que apesar de tudo, existe na grande maioria do ano. Agradeço e recordo o tão bom que foi molhar o corpito em água de mar este fim-de-semana. 

 

IMG_20160918_134146.jpg

 

 

 

Afinal a 2ª Circular não é um bicho papão

Eu pensava que sim! Sempre que ouvia as notícias de trânsito na rádio ficava com a ideia de que a 2ª circular era uma verdadeira frente de batalha automóvel. Afinal enganei-me! Durante 10 anos não passei por ali em hora de ponta, nem manhã nem ao final do dia. Arranjava sempre alternativa e às vezes alternativa sobre a alternativa. Foi o que aconteceu na segunda e na terça-feira. Não resultou! Andei perdida pelas principais ruas de Lisboa e os carros apareciam de todo o lado. Até que na quarta-feira decidi procurar no GPS o caminho mais rápido, mesmo com trânsito. Quando vi qual era o caminho, nem queria acreditar: 2ª circular. Claro que pensei 1000 vezes em desinstalar a aplicação. E lá fui eu à procura de caminhos alternativos para ir do Parque das Nações até Belém. Foi um desastre! Ontem encarei pela primeira vez o meu maior medo: a dita 2ª Circular. Poupei quase 30 min e percebi finalmente que o que tem de ser, tem muita força! Hoje de manhã experimentei novamente. Em vez de chegar ao trabalho em meia hora cheguei em metade. Estou muito satisfeita com a minha descoberta e nunca mais vou ter medo daquela (finalmente percebo) bendita via que (pelos vistos) torna o processo de atravessar a cidade muito mais fácil! Observo, no entanto, é que: não existe nenhuma razão para os carros se acumularem daquela forma e originarem um trânsito muitas vezes parado, a não ser por as pessoas ESTAREM A DORMIR! É inacreditável o espaçamento que deixam entre um carro e outro. É incrível que exista 500m de trânsito parado e que passados 600 já se consiga circular a 80km/h. Enfim... Não entendo... mas já não tenho medo e isso é o mais importante!

 

IMG_20160916_093811.jpg

 

Trânsito de um lado, trânsito do outro, mas tanto espaço entre os carros. Porquê?

 

IMG_20160916_094012.jpg

 Nem 500m à frente: Possibilidade de fazer Rali!

São Miguel-Açores: Recorda sempre o que te faz bem

 

Existem sítios e lugares que guardamos na memória para sempre e raramente conseguimos esquecer o sentimento de felicidade que nos invadiu naquele preciso momento... Sempre que puderes e independentemente da pressa que tens: regista os momentos e lugares que te marcaram. Assim, quando estiveres menos contente já terás, ainda que seja, um pequenino motivo para sorrires...

IMG_20160116_150136.jpg

A Lagoa do Fogo é uma das maiores lagoas dos Açores e a segunda maior da Ilha de São Miguel.

 

Assim nasce o blog das minhas teorias...

Já há algum tempo que é com muito gosto que partilho as minhas ideias, aquilo que me move e me faz feliz na página do Facebook. Quero que tudo o que construí e pretendo contruir chegue ainda mais longe... Ser feliz é fácil e às vezes é preciso tão pouco... Quero também partilhar experiências, sugerir algo que gostei e que acredito que também vos pode agradar. Quero deixar um pequeno rasto de mim... Quero crescer e aprender convosco! Adoro comunicar e não há nada melhor do que SER FELIZ a fazer algo que gostamos. Assim nasce o blog das minhas teorias... de mim para vocês... para o mundo! Acompanhem as minhas peripécias e partilhem também as vossas!

 

Sorria!